Bolsonaro recebe cantores e produtores sertanejos que pedem o fim da meia-entrada

bernadetealves.com
Bolsonaro com cantores sertanejos e produtores culturais no Palácio do Planalto

O presidente Jair Bolsonaro recebeu, na manhã desta quarta-feira, 29, no Palácio do Planalto, um grupo de cantores sertanejos e produtores culturais. O chefe do Executivo federal recebeu muitos afagos, chegando a ser classificado como “maior governante” da história do país, recebeu um convite para a próxima edição da Festa do Peão de Barretos, e ouviu apelos para acabar com a meia-entrada em shows.

Presentes ao evento, o presidente da Associação Brasileira de Promotores de Eventos, Doreni Caramori, o locutor de rodeios Cuiabano Lima, conhecido como “A Voz de Barretos”, o ator Dedé Santana, as duplas sertanejas Bruno e Marrone, Cesar Menoti e Fabiano, Henrique e Juliano, João Neto e Frederico e Matheus e Kauan, Rejane Carminati, Paraná, Bia Ferraz, Edu Braga, dentre outros artistas. Eles levaram uma carta de apoio, que foi lida pelo locutor de rodeio Cuiabano Lima, na qual falam em “notáveis feitos” do governo em 2019.

Doreni Caramori, presidente da Associação Brasileira de Promotores de Eventos, elogiou o governo e  apresentou três demandas para o setor da economia criativa. Pediu a rediscussão da política da meia entrada e do monopólio do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), escritório privado responsável pela arrecadação e distribuição de direitos autorais das músicas aos seus autores. Cobrou, ainda, a regulamentação de normas para flexibilizar as contratações de trabalhadores no setor.

“Não pode o Estado brasileiro intervir na economia e tomar 50% da receita de alguns setores sem compensação. Nós precisamos corrigir essa injustiça histórica”, pediu o presidente da Abrape.

bernadetealves.com
Presidente Bolsonaro com Cuiabano Lima, Paraná, Doreni Caramori e Dedé Santana

O sertanejo Cuiabano Lima leu a carta de apoio da classe sertaneja ao governo. “Os artistas sertanejos, que percorrem todos os cantos desse grandioso Brasil e vivenciam todos os dilemas e dificuldades do povo brasileiro, encontraram no governo do presidente Bolsonaro essa postura de um governante que trabalha em prol de seu povo, de seu país”, disse.

bernadetealves.com
Presidente Jair Bolsonaro com Cuiabano Lima e Doreni Caramori

Bolsonaro se mostrou sensível às reivindicações da categoria e, como de costume, disse que os empregadores e produtores são os “patrões” do país, não ele. Afirmou que, não encontrando óbices jurídicas ou constitucionais, o governo apresentará decretos que possam favorecer a categoria, ou apresentará projetos de lei. Os elogios dos sertanejos foram agradecidos com mais afagos à categoria. O presidente da República lembrou que, quando criança, sempre ouvia, às 18h, um programa sertanejo. “Eu sempre fui apaixonado pela música sertaneja e, com toda a certeza, pelas tuas letras, em especial, quando sempre contava uma história, do Brasil, do ídolo, da amada, isso ia consolidando o nosso caráter. Devo muito a vocês minha formação”, declarou Bolsonaro.

“Sem consultar minha assessoria, eu quero assumir um compromisso. Anuncio minha ida a Barretos com a seguinte condição: como no ano passado, me dar um cavalo para eu dar umas duas voltas lá dentro”, disse Bolsonaro.

Aproveitou para ‘provocar’ o governador de Goiás Ronaldo Caiado. “Cavalgo muito melhor que o Caiado, que é aqui de Goiás, afinal de contas, ele caiu de um pangaré e fraturou a clavícula. Eu, até hoje, nunca caí de um bicho ‘brabo’ numa arena”, brincou. Na hora das fotos Bolsonaro colocou o chapéu de Cuiabano Lima.

bernadetealves.com
Bolsonaro com o chapéu do locutor de rodeios Cuiabano Lima

Participaram do encontro com o Presidente da República cerca de 50 sertanejos: Bia Ferraz, Breno Ferreira, Bruno e Marrone, Cesar Menoti e Fabiano, Cleber e Cauan, Cuiabano Lima, Dedé Santana,  Dipaulo e Paulino,  Duduca e Dalvan,  Durval e Davi , Edu Braga, Gian e Giovani ,Gilberto e Gilmar,  Henrique e Juliano, Héster e Helena,  Hugo e Guilherme,  Hungria,  Israel Novaes, Jads e Jadson ,Jefferson Moraes, João Neto e Frederico,  João Reis,  Kleo di Bah, Matheus e Kauan, Marcos Brasil,  Marcus Paulo e Marcelo, Max e Luan,  Paraná,  Paulo Pires , Racine e Rafael,  Rejane Carminati, Samuel (Os Parazinhos),  Saonara Power Santana,  Teodoro e Sampaio,  Tiago (Os Parazinhos),  Zé Henrique e Gabriel, Cristiano (de Zé Neto e Cristiano).