UnB retoma semestre letivo 2020 a distância

bernadetealves.com
UnB, Campus Darcy Ribeiro

Com o início do segundo semestre, a volta às aulas torna-se o centro da discussão da pandemia do novo coronavírus  no Distrito Federal. O desafio é grande pelos múltiplos impactos nos alunos, professores e pais. Neste cenário tão desafiador a UnB retoma semestre letivo.

A Universidade de Brasília inicia,nesta segunda-feira (17), uma nova modalidade de ensino: aulas a distância. O calendário acadêmico estava suspenso desde março, quando foram  interrompidas as aulas por conta da pandemia do novo coronavírus, por decreto assinado pelo governador Ibaneis Rocha.

A reitora da UnB, Márcia Abrahão, diz que não há previsão de retorno das aulas presenciais em 2020. “Nossa prioridade é salvar vidas. Temos que lembrar que a UnB tem cerca de 50 mil pessoas que circulam pela cidade. Se todos nós circulamos ao mesmo tempo, seremos um grande disseminador da pandemia no Distrito Federal”.

Os alunos que não quiserem cursar disciplinas neste semestre podem solicitar o Trancamento Geral de Matrícula, que não afeta o histórico acadêmico e será concedido a todos os que solicitarem. Os trabalhos de conclusão de curso (TCCs) serão apresentados exclusivamente pela internet, de acordo com a UnB.

bernadetealves.com
UnB, Campus Darcy Ribeiro

Segundo a UnB, até 4 de setembro, professores e alunos passarão por um processo de ambientação à nova modalidade de ensino. Serão mais de 3,5 mil disciplinas oferecidas de maneira remota. Pelo calendário acadêmico divulgado pela instituição o semestre deve ser finalizado em 18 de dezembro.

Para as aulas remotas, os estudantes poderão usar os sistemas Office 365 e Aprender, que já eram adotados pela universidade e são gratuitos para a comunidade acadêmica. Além disso, professores poderão indicar outros sistemas para as atividades, desde que sejam de graça.

bernadetealves.com
UnB, Campus Ceilândia

Durante o processo de ambientação os professores vão estabelecer o funcionamento da disciplina. Fica a critério do educador se serão realizadas, por exemplo, aulas ao vivo, para que os alunos acompanhem em tempo real, ou se a avaliação vai ocorrer por meio da entrega de atividades.

Os professores tem liberdade para definir a metodologia e a entrega de atividades deve ocorrer conforme o que foi combinado entre estudantes e professor desde que as “as plataformas utilizadas sejam gratuitas e de fácil acesso”.

O educador terá autonomia para determinar o método de verificação de frequência. Caso sejam realizadas atividades ao vivo, os alunos que não puderem comparecer têm direito a realizar uma outra tarefa, como compensação.

Segundo a UnB não haverá o trancamento de disciplinas. Isso porque os estudantes poderão retirar as matérias quando quiserem, até o último dia de atividades. Assim, mesmo que desistam da disciplina, não terão o histórico acadêmico prejudicado. O semestre também não será contado no tempo de permanência máxima dos cursos, que ficam estendidos por mais seis meses, automaticamente.