Mãe: renovadora e reveladora do mundo em tempo integral

bernadetealves.com

Ser mãe para muitas pessoas é dar à luz, para outras é criar, mas muitas vezes a vida oferece situações em que este gesto se repete mais de uma vez na vida e por toda vida. Definir o que é amor maternal é muito difícil porque a mãe é doação em tempo integral. É coração batendo fora do peito.

A mãe doa a sua vida, doa seu tempo, sua força, energia e juventude para cuidar, educar, amparar e proteger o filho. O amor de mãe é a mais completa forma de amar.

Em tempos tão sofridos este é um Dia das Mães mais do que especial porque estamos vivos e podemos agradecer nossas mães pela vida e à Maria, mãe de Jesus e nossa mãe, pela graça de gerarmos a vida.

Quero, também, exaltar todas as mães que, diariamente, lutam para construir uma sociedade melhor. Com a capacidade de se reinventar dão um chega pra lá nos problemas e não deixam que as adversidades atrapalham seus caminhos.Guerreiras, talentosas, amorosas que ensinam, cuidam e exercem com maestria, sabedoria e amor, o dom da vida.

Minha solidariedade, orações e amor às todas as mães que estão passando por momentos difíceis, de dor e de perdas.

Em especial agradeço minha mãe Dona Alvina Pilla pelo amor incondicional, pelos sábios conselhos, pelo sorriso amigo e generoso, pelas palavras ditas na hora certa, pela imensa capacidade de compreender e acolher. Para você amada mamãe, todo o meu amor e gratidão.

Que a forma feminina e o sagrado que envolve a palavra MÃE, possam nos fortalecer e nos fazer enormes diante de todo problema que possa nos acercar. Somos grandes, invencíveis, superpoderosas e abençoadas.

bernadetealves.com

Construímos pontes todos os dias para transportar nosso amor e damos asas para deixar nosso filho viver a vida por conta própria.

Somos protagonistas do melhor papel da vida, somos MÃES!

Mário Quintana, Cora Coralina e Carlos Drummond de Andrade expressam em poemas a importância de uma Mãe.

bernadetealves.com

Mãe por Mário Quintana

Mãe… São três letras apenas
As desse nome bendito
Também o céu tem três letras
E nelas cabe o infinito

Para louvar a nossa mãe,
Todo bem que se disser
Nunca há de ser tão grande
Como o bem que ela nos quer

Palavra tão pequenina,
Bem sabem os lábios meus
Que és do tamanho do CÉU
E apenas menor que Deus!

Mãe por Cora Coralina

Renovadora e reveladora do mundo
A humanidade se renova no teu ventre.
Cria teus filhos,
não os entregues à creche.
Creche é fria, impessoal.
Nunca será um lar
para teu filho.
Ele, pequenino, precisa de ti.
Não o desligues da tua força maternal.

Que pretendes, mulher?
Independência, igualdade de condições…
Empregos fora do lar?
És superior àqueles
que procuras imitar.
Tens o dom divino
de ser mãe
Em ti está presente a humanidade.

Mulher, não te deixes castrar.
Serás um animal somente de prazer
e às vezes nem mais isso.
Frígida, bloqueada, teu orgulho te faz calar.
Tumultuada, fingindo ser o que não és.
Roendo o teu osso negro da amargura.

O Dia das Mães é uma data muito pessoal. A forma como é vivida depende das recordações e dos sentimentos que os filhos têm em relação às suas mães. É uma data para homenagear as que já viraram anjos como bem fez o poeta Carlos Drummond de Andrade.

bernadetealves.com

Para Sempre por Carlos Drummond de Andrade

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
– mistério profundo –
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.