Brasil se despede de Pelé: personagem que transcendeu o jogador de futebol

bernadetealves.com
Brasil e mundo dão adeus ao Rei do Futebol na Vila Belmiro, em Santos


O mundo do futebol começou a se despedir de Pelé na segunda-feira, dia 02. A Vila Belmiro recebeu mais de 230 mil pessoas no adeus a Edson Arantes do Nascimento. O local, conhecido por ostentar fama e riqueza, o que se viu nestes dois dias foi muita emoção, demonstrações de amor e respeito.

O Rei do Futebol foi homenageado pelo mundo todo e também por astros de outros esportes e personalidades jurídicas e políticas. E, claro, por uma multidão de súditos.

Ídolos da era dourada do Santos, como Zé Roberto, se despedem de Pelé com muita emoção


Durante o velório, diversas presenças notórias do futebol mundial e do Brasil, chefes de estado e líderes de diferentes nações foram ao local prestar uma última homenagem a Pelé. Ídolos da era dourada do Santos se despedem de Pelé com muita emoção. O sentimento de tristeza estava presente na despedida do grande ídolo.


A cerimônia pública de velório de Pelé chegou ao fim por volta das 10h de hoje. Na manhã desta terça-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se juntou às autoridades que marcaram presença para o adeus a Edson Arantes do Nascimento. Ele estava acompanhado da primeira-dama Rosângela da Silva.

bernadetealves.com
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva se despede de Pelé, o Rei do Futebol


Também passaram pelo velório de Pelé o presidente da Fifa, Gianni Infantino; o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues; presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez e o presidente do COB, Paulo Wanderley Teixeira, o ministro do Supremo, Gilmar Mendes, além de chefes de estado como o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas e o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes.


A cerimônia encerrou às 10h e depois o corpo do Rei do Futebol seguiu pelas ruas de Santos, com passagem pelo Canal 6, onde mora a mãe de Pelé, dona Celeste e a irmã Maria Lúcia do Nascimento. Foram horas de emoção durante todo o trajeto até o Cemitério, o Memorial Necrópole Ecumênica, também na cidade do litoral paulista, somente com a presença de familiares.

bernadetealves.com
Governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, se despede de Pelé ao lado de Edinho, filho do Rei do Futebol


O corpo de Edson Arantes do Nascimento agora repousa em um cemitério vertical , mas Pelé sempre será eterno com suas histórias de melhor jogador de todos os tempos. Será muito difícil ter outro igual.


O tricampeão mundial com a seleção brasileira em 1958, 1962 e 1970, quando jogava com Garrincha, o Brasil nunca perdeu uma partida. Eles jogaram juntos por 9 anos. Pelé foi multicampeão com o Santos, seu único clube no Brasil em toda a carreira entre 1956 e 1974, e agora vai encontrar seus parceiros em outra dimensão.

bernadetealves.com
Pelé é sepultado em Santos em meio a emoção de uma multidão de súditos


Talvez nem todos do mundo conheçam Edson Arantes, mas dificilmente alguém não sabe quem foi Pelé, seja fã de futebol ou não. Um apelido que virou marca mundial e tem origem quando ele era ainda uma criança em Bauru, no interior de São Paulo.

Declaração do presidente Lula à ‘Santos TV’ sobre Pelé

bernadetealves.com
Brasil se despede de Pelé: personagem que transcendeu o jogador de futebol


“Quem vai falar do Pelé agora não é o presidente da República. É um torcedor do Corinthians que foi assistir a muito jogo do Santos contra o Corinthians. E que viu o Corinthians perder muito jogo. Me parece que o Pelé tinha uma obsessão de derrotar o Corinthians, de ganhar do Corinthians. Foi um período de 15 anos muito sofridos para o corintiano. Mas tinha uma coisa muito importante no Pelé, que ele obrigava a gente a ir em qualquer lugar assista a um jogo de futebol. Ele era brilhante, dava espetáculo”.


“Eu acho que o Pelé simboliza tudo aquilo que é a ascensão da espécie humana. Tudo aquilo que a gente pode perceber e querer da ascensão do ser humano, foi o Pelé. Ele foi um jogador que, muito jovem, ganhou um protagonismo extraordinário. E a coisa mais fantástica é que o Pelé nunca ficou ‘mascarado’. O Pelé nunca ficou de nariz empinado. O Pelé sempre foi um cidadão humilde, sempre conversou de igual para igual com todo mundo. Nas entrevistas você percebe que o Pelé era um cidadão comum, que não se deixava levar pelo brilhantismo dele, pelo apogeu dele, pela glória que o mundo todo dava ao Pelé”.


“Nos maiores momentos de glória dele, quando encontrava com a Rainha da Inglaterra ou quando ganhava um prêmio, o Pelé era o mesmo que quando dava uma entrevista ou encontrava com um monte de criança para conversar”.


“O Pelé é uma figura muito especial. A gente não pode ficar comparando o Pelé a ninguém porque não tem ninguém comparável ao Pelé. Em se tratando de jogador de futebol, em se tratando de ser humano e de comportamento também fino e educado que o Pelé tinha. Acho que ele foi muito para o Brasil, foi muito para a cidade de Santos, foi muito para São Paulo e foi muito para o mundo. Eu, como cristão, não acredito muito na morte. Acho que as pessoas vão passear. Se a gente acredita que tem céu, a gente tem que acreditar que o Pelé foi fazer um passeio num lugar que, teoricamente, que no imaginário da gente é melhor do que a terra onde a gente vive”.

“Eu acho que o mundo deve ao Pelé muita coisa, sobretudo a dignidade de um homem que nasceu pobre, negro, num país onde o preconceito é muito vivo e o Pelé nunca se importou com isso. Ele sempre soube ser Pelé o melhor e o mais humilde. Portanto, eu fico triste, lamento profundamente sua morte. Todos nós devemos um pouco ao Pelé. E o Brasil deve muito”.

bernadetealves.com
Gianni Infantino, presidente da Fifa, se despede do Rei do Futebol ao lado de Edinho, filho de Pelé

À imprensa, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, prestou homenagens à lenda do futebol mundial. “Pelé tem um legado único. Pelé recebeu um presente de Deus, um presente que poucas pessoas na Terra têm, que é tocar o coração e as emoções das pessoas. O fato é há que muitas pessoas ao redor do mundo, milhões, bilhões, que como eu nunca o viram jogar, mas estão pensando e o homenageando”.


“Claro que tive a sorte de encontrá-lo pessoalmente e conhecê-lo, mas não o vi jogar. Foi meu pai quem falou tantas vezes sobre ele comigo. Acho que o legado que Pelé deixa é único. Foi o primeiro do mundo a fazer tantas coisas que 99% dos jogadores apenas podem sonhar, e talvez o outro 1% possa fazer apenas alguma dessas coisas que ele fazia. Vamos guardá-lo nos nossos corações para sempre e vamos assegurar que o mundo do futebol relembre dele para sempre”.


Infantino revelou ainda que conversa com os presidentes das federações que compõe a Fifa para que estádios ao redor do mundo sejam rebatizados com o nome de Pelé.

bernadetealves.com
Brasil se despede de Pelé: personagem que transcendeu o jogador de futebol


Magic Johnson, um dos grandes nomes da história da NBA, cinco vezes campeão, fez uma sequência de postagens nas redes sociais no dia 02 para enaltecer o Rei do Futebol. “Pelé, obrigado por compartilhar seu talento com o mundo. Espero que você descanse em paz, meu amigo”, iniciou o ex-craque do Los Angeles Lakers, que recordou o episódio em que foi recepcionado por Pelé em uma visita ao Brasil, em que assistiu a um jogo de futebol no Rio de Janeiro.


“Nunca em meus sonhos mais loucos pensei que o conheceria. Ser homenageado por ele e passar um tempo com ele em seu país de origem foi um dos momentos mais especiais da minha vida.”


De acordo com Magic, Pelé serviu de inspiração para atletas em todo o mundo: “O maior jogador de futebol de todos os tempos, Pelé foi uma força motriz por trás da expansão da popularidade do esporte em todo o mundo. Ele abriu as portas para endossos de atletas em todo o mundo e influenciou gerações de superestrelas”.

bernadetealves.com
Memorial Nercópole Ecumênica, um cemitério vertical em Santos, onde Pelé foi sepultado, é o primeiro da América Latina

Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos, onde Pelé foi sepultado, tem um caixão dourado reservado há anos. O local, foi escolhido pessoalmente pelo Rei do Futebol há 19 anos por não “parecer com um cemitério” e transmitir “paz espiritual e tranquilidade”. Há ainda vista para a Vila Belmiro, casa do Santos e onde o craque começou a carreira.

O cemitério vertical está no Guinness Book, o Livro dos Recordes desde 1991, como o mais alto do mundo. O lugar guarda os restos mortais de parentes e amigos de Pelé, como seu irmão, Jair Arantes do Nascimento, o Zoca, que morreu em 2020; sua filha, Sandra Arantes do Nascimento, que faleceu em 2006; e Antonio Wilson Honório, o Coutinho, parceiro de ataque no mítico Santos bicampeão mundial em 1962/1963, que morreu em 2019.

A compra do plano que assegurava o uso de lóculo para a família aconteceu no dia 7 de julho de 2003, quando Pelé tinha 62 anos. Ele optou pelo nono andar, em homenagem ao pai, João Ramos do Nascimento, conhecido por Dondinho, que usava a camisa de mesmo número nos tempos de jogador.

Fotos: Nelsoon Almeida/AFP e Reprodução