Paraty e Ilha Grande ganham reconhecimento da Unesco

Paraty e Ilha Grande ganham reconhecimento da Unesco - Bernadete Alves

A Cultura e a exuberância da natureza do Rio de Janeiro foram reconhecidas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, como patrimônio mundial da humanidade. Paraty e Ilha Grande, no litoral da Costa Verde, ganharam o reconhecimento neste 05 de Julho.  Agora, são 22 os lugares brasileiros na lista da Unesco por terem um excepcional valor universal, isto é, com grande riqueza cultural ou natural.

Paraty e Ilha Grande ganham reconhecimento da Unesco - Bernadete Alves
Ilha Grande

Essa é a primeira vez que o Brasil tem um sítio misto reconhecido por sua cultura e natureza. A área do sítio misto forma o segundo maior remanescente florestal do bioma Mata Atlântica. Além da sua extensão, as diferentes fisionomias vegetais permitem a ocorrência de uma fauna e flora incomparáveis, com diversas espécies raras e endêmicas.

Paraty e Ilha Grande ganham reconhecimento da Unesco - Bernadete Alves

Este é o primeiro sitio da América Latina a ter reconhecido a exuberância da natureza e a cultura dos habitantes. Juntos os locais tem praticamente a mesma área que São Paulo.

Paraty e Ilha Grande ganham reconhecimento da Unesco - Bernadete Alves

Praias isoladas, vegetação intacta, encontro da água do rio com a água do mar, lindas montanhas e aldeias indígenas que transformam fibras naturais em artesanato, foram fundamentais para a conquista do importante título.

Paraty e Ilha Grande ganham reconhecimento da Unesco - Bernadete Alves
Paraty, Rio de Janeiro

A cidade de Paraty tem um importante acervo arquitetônico e ricas paisagens com belezas naturais. O centro histórico se cerca de quatro áreas de conservação ambiental, que abrangem o Parque Nacional da Serra da Bocaina, o Parque Estadual da Ilha Grande, a Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul e a Área de Proteção Ambiental de Cairuçu, um território de quase 149 mil hectares.

Paraty e Ilha Grande ganham reconhecimento da Unesco - Bernadete Alves

Na Baía da Ilha Grande, em Angra dos Reis, são mais de 187 ilhas em um território preservado. A área abriga um sistema de comunidades tradicionais que misturam cultura e biodiversidade.

Paraty e Ilha Grande ganham reconhecimento da Unesco - Bernadete Alves

Os Sítios geram, além de benefícios à natureza, uma importante fonte de renda oriunda do desenvolvimento do ecoturismo. Paraty e Ilha Grande se juntam a outros 21 patrimônios mundiais da humanidade brasileiros, dos quais sete são naturais e 14 são culturais.

Ouro Preto/MG - Patrimônio Cultural - Bernadete Alves
Ouro Preto/MG – Patrimônio Cultural da Humanidade

Sitios do Patrimônio Cultural:.Cidade Histórica de Ouro Preto, Minas Gerais: incluída em 1980; Centro Histórico de Olinda, Pernambuco: incluído em 1982; Missões Jesuíticas Guarani, Ruínas de São Miguel das Missões, Rio Grande de Sul e Argentina: incluídas em 1983; Centro Histórico de Salvador, Bahia: incluído em 1985; Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas do Campo, Minas Gerais: incluído em 1985; Plano Piloto de Brasília, Distrito Federal: incluído em 1987; Parque Nacional Serra da Capivara, em São Raimundo Nonato, Piauí: incluído em 1991; Centro Histórico de São Luís do Maranhão: incluído em 1997; Centro Histórico da Cidade de Diamantina, Minas Gerais: incluído em 1999; Centro Histórico da Cidade de Goiás: incluído em 2001; Praça de São Francisco, na cidade de São Cristóvão, Sergipe:incluída em 2010; Rio de Janeiro, paisagens cariocas entre a montanha e o mar:incluído em 2012; Conjunto Moderno da Pampulha: incluído em 2016; e Sítio Arqueológico Cais do Valongo: incluído em 2017.

Cataratas do Iguaçu - Patrimônio Natural - Unesco - Bernadete Alves
Cataratas do Iguaçu – Patrimônio Natural – Unesco

Sítios do Patrimônio Natural: Parque Nacional de Iguaçu, em Foz do Iguaçu, Paraná e Argentina: incluído em 1986; Mata Atlântica – Reservas do Sudeste, São Paulo e Paraná:incluídas em 1999; Costa do Descobrimento – Reservas da Mata Atlântica, Bahia e Espírito Santo: incluídas em 1999; Complexo de Áreas Protegidas da Amazônia Central: incluído em 2000; Complexo de Áreas Protegidas do Pantanal, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul: incluído em 2000; Áreas protegidas do Cerrado: Chapada dos Veadeiros e Parque Nacional das Emas, Goiás: incluídas em 2001; Ilhas Atlânticas Brasileiras: Reservas de Fernando de Noronha e Atol das Rocas: incluídas em 2001.

Fernando de Noronha - Patrimônio Natural -Bernadete Alves
Fernando de Noronha – Patrimônio Natural – Unesco