Zozibini Tunzi é coroada Miss Universo e celebra representatividade

A modelo Zozibini Tunzi, Miss África do Sul, conquistou  a coroa de Miss Universo 2019 com discurso sobre representatividade e contra o preconceito. ‘Eu cresci em um mundo onde mulheres como eu, com a minha pele e o meu cabelo, nunca foram consideradas bonitas. Já chegou a hora de parar com isso. Eu quero que crianças olhem para mim e vejam os seus rostos refletidos no meu’, disse a mulher mais bonita do mundo.

bernadetealves.com
Miss África do Sul Zozibini Tunzi
bernadetealves.com
Apresentador Steve Harvey com a Miss África do Sul Zozibini Tunzi

Apresentado por Steve Harvey pela quinta vez consecutiva, o concurso começou com uma apresentação da cantora Ally Brooke, que ganhou fama com a girband norte-americana Fifth Harmony. As canditatas adentraram o palco na tradicional coreografia de abertura.

bernadetealoves.com
Miss Porto Rico Madison Anderson, Miss África do Sul Zozibini Tunzi e Miss México Sofía Aragón

O evento foi realizado na noite de ontem em Atlanta, nos Estados Unidos, e contou, no total, com 88 candidatas representado vários países do mundo. Zozibini Tunzi entra para a lista dourada de participantes negras a ganhar a competição, iniciada por Janelle ‘Penny’ Commissiong Chow em 1977, a modelo sul-africana falou sobre temas empoderadores como a luta contra o racismo.

bernadetealves.com
Miss África do Sul Zozibini Tunzi e Miss Porto Rico Madison Anderson

A modelo agradeceu a oportunidade ao receber a da Miss Filipina Catriona Gray, Miss Universo 2018.  “E uma honra absoluta representar, como negra e africana, a inclusão e a diversidade”, comemorou a Miss em declaração, assim como a Miss Brasil Júlia Horta que fez protesto contra o feminicídio. Na sequência, ainda continuou: “A sociedade foi programada durante muito tempo para que não ver a beleza de maneira negra. Mas agora estamos entrando em um tempo em que finalmente as mulheres como eu podem saber que somos bonitas”.

bernadetealves.com
Zozibini Tunzi é coroada Miss Universo 2019 pela Filipina Catriona Gray, Miss Universo 2018

As escolhidas do Top 5 foram as candidatas do México, Tailândia, Colômbia, Porto Rico e África do Sul. Cada uma das finalistas respondeu a perguntas do apresentador Steve Harvey sobre temas como a relevância dos protestos para criar mudanças, direitos reprodutivos da mulher, mídias sociais e mudanças climáticas.

A Miss Porto Rico 2019, Madison Anderson, ficou em segundo lugar. A Miss México 2019, Sofía Aragón, ficou em terceiro lugar. Zozibini Tunzi é a terceira mulher da África do Sul a levar a coroa, após as vitórias de Demi-Leigh Nel-Peters (2017) e Margaret Gardiner (1978). A miss Brasil, Júlia Horta, ficou no top 20 do concurso.

bernadetealves.com
Steve Harvey e a Miss Brasil Júlia Horta

A Miss Universo 2019 Zozibini Tunzi, comemorou também o título em suas redes sociais, onde falou sobre empoderamento e representatividade. “Essa noite uma porta foi aberta e eu não poderia estar mais grata de ser a pessoa que atravessou este caminho. Que todas as garotinhas que testemunharam esse momento acredite para sempre no poder de seus sonhos e que elas possam ver seus rostos refletidos nos meus. Eu orgulhosamente apresento o meu nome Zozibini Tunzi, Miss Universo 2019!”, celebrou.