Alimentos que aliviam o cansaço e garantem disposição

bernadetealves.com
Gengibre

Os alimentos são responsáveis por fornecerem ao nosso corpo os nutrientes necessários para o bom funcionamento das funções cerebrais, produção de anticorpos, reestruturação dos tecidos, fornecimento de energia, auxiliar na digestão e tantos outros benefícios.

Em tempos de pandemia, o acúmulo de funções e as incertezas em relação ao coronavírus, comprometem o nosso bem-estar. O sono irregular, o cansaço físico e mental drenam a energia e dificultam a concentração e a execução das atividades diárias.

bernadetealves.com
Beterraba crua, cozida e em suco

Situações que podem ser amenizadas com alimentação adequada. É através dela que podemos repor as nossas reservas energéticas, as vitaminas, proteínas, lipídios, carboidratos e minerais essenciais para turbinar nosso organismo.

Além dos alimentos energéticos por definição, grupo no qual se enquadram carboidratos, proteínas e gordura, há outros menos óbvios, mas não menos importantes para garantir mais disposição e vitalidade e diminuir o cansaço muscular e  sonolência durante o dia.

Água de coco

bernadetealves.com
Água de Coco natural

Água de coco é o suco natural contido no interior do coco, o fruto do coqueiro, com sabor delicioso e com muitos benefícios para a saúde. Rica em potássio e magnésio, auxilia na redução do cansaço e do estresse, além de ajudar na recuperação dos músculos após atividades físicas. Tem alto poder de hidratação e aumenta o estoque de glicogênio, que é fonte imediata de energia para o organismo. Ajuda no bom funcionamento do intestino e no metabolismo alimentar e é uma bebida diurética.

Açaí

bernadetealves.com
Açaí com banana e aveia

Fruto típico da região Norte do Brasil, é rica em carboidratos, antioxidantes e vitaminas C, B1, e B2, importantes para a transformação de gordura em energia. Também é fonte de gorduras insaturadas, que ajudam no controle da pressão arterial e do colesterol

Ele é fruta tipicamente brasileira e de grande importância econômica no nosso país. o Açaí cresce nas florestas tropicais da Amazônia do Brasil. O Açaí é uma fruta rica em proteínas, fibras, lipídios e uma excelente fonte das vitaminas: Vitamina C, Vitamina B1 e Vitamina B2

Banana

bernadetealves.com

A fruta bem popular no Brasil, além de muito saborosa, é um alimento com muitas propriedades nutricionais. A banana  é muito rica em nutrientes essenciais e ainda proporciona benefícios para a digestão, saúde do coração, manutenção do peso, previne anemia, controla as taxas de colesterol, fonte de energia, baixa a pressão arterial, ajuda a combater o estresse e depressão e dá sensação de saciedade.

bernadetealves.com
Sobremesa de banana e moranguinho

É fonte de triptofano, aminoácido precursor da serotonina, neurotransmissor que ajuda a regular o sono e o humor. Também é rica em potássio, cuja falta no organismo pode desencadear fadiga e cansaço mental.

Mel

bernadetealves.com
Mel de abelha

O mel possui propriedades que tornam seu uso muito recomendado em diversas situações. Contém dois tipos de carboidratos, a glicose e a frutose, o que garante seu papel energético. Também é fonte de vitaminas C e do complexo B, que, além de participar na produção de energia, ainda desintoxicam o organismo.  O mel, usado como adoçante natural, é diurético, expectorante e calmante.

O mel é um alimento produzido pelas abelhas a partir do néctar recolhido de flores e processado pelas enzimas digestivas desses insetos, sendo armazenado em favos em suas colmeias para servir-lhes de alimento.

Beterraba

bernadetealves.com
Suco de beterraba com maça e gengibre

Rica em nitrato, substância que até pouco tempo atrás era considerada inócua, sem nenhum valor nutricional. Mas uma pesquisa recente revelou sua importância na geração de energia durante atividades físicas. O nitrato faz a mitocôndria (organela responsável pela respiração celular) trabalhar de forma mais eficiente, o que garante menor perda energética durante os exercícios

A beterraba é levemente adocicada e pode se comer cozida ou crua na salada e até no suco de frutas, por exemplo. Faz muito bem, é rica em antioxidantes e está associada à prevenção de alterações e degenerações celulares, por isso é que está relacionada com a prevenção do câncer.

Além disso traz diversos benefícios para a saúde, como:

bernadetealves.com
Salada de beterraba com tahine
  • Diminui a pressão alta: contém nitratos que ajudam relaxar os vasos sanguíneos;
  • Fortalece o sistema imune: é rica em zinco que ativa um hormônio que aumenta a produção de células de defesa do organismo;
  • Previne e combate anemia: por conter ferro e vitaminas do complexo B evita e trata esse tipo de anemia;
  • Mantém a saúde dos músculos: contém potássio e cálcio, importantes para a manutenção de fibras musculares saudáveis;
  • Protege o sistema nervoso: por ser rica em vitamina B1 e B2;
  • Previne o envelhecimento precoce: contém elevados níveis de vitamina C, que é um potente antioxidante que evita o envelhecimento das células;
  • Controla o colesterol e protege o coração: tem alto teor de fibras que reduzem a absorção de colesterol no intestino;
  • Mantém a saúde dos olhos e previne cataratas: contém vitamina A que é importante na manutenção da saúde ocular;
  • Previne problemas no fígado e nos pulmões: devido à presença de vitamina C e betalaína.

Chocolate amargo

bernadetealves.com
Chocolate amargo

Contém teobromina, estimulante natural semelhante à cafeína. Ela melhora o humor e aumenta a energia. Também é rico em flavonoides, que auxiliam na oxigenação do organismo — o que resulta em mais disposição — e ainda faz bem para o coração. O chocolate melhora a auto-estima.

Oleaginosas

bernadetealves.com
Castanhas, nozes, amêndoas, amendoim e pistache

As oleaginosas são excelentes opções de lanches intermediários e trazem uma série de benefícios para saúde devido as suas propriedades nutricionais. Nozes, castanhas e amêndoas são boas fontes de magnésio, cobre e selênio, micronutrientes que aumentam a produção de energia, turbinam a memória e ainda ajudam a diminuir o estresse. Ricas em proteína vegetal e gorduras insaturadas, também atuam na redução da pressão arterial, do colesterol e dos triglicérides.

Aveia

bernadetealves.com
Aveia em flocos

Carboidrato de baixo índice glicêmico, garante energia sem elevar os níveis de açúcar do sangue. Também é rica em vitaminas do complexo B, que aumentam a disposição física, e fibras, que dão mais saciedade

Ovos

bernadetealves.com
Ovos de galinha

Excelente fonte de proteína: um ovo oferece cerca de 12% das necessidades diárias. Tem poucas calorias e muitos nutrientes saudáveis, como ferro,selênio, colina, lectína, zinco, e vitaminas A, D, E, K e B. Garante que os músculos se recuperem adequadamente após os exercícios físicos.Combate anemia, por conter ferro e ácido fólico; mantém a saúde dos ossos, por conter cálcio e fósforo; e p rotege a visão, por conter os antioxidantes luteína e zeaxantina.

bernadetealves.com
Ovos cozidos

O ideal é comer o ovo cozido.Segundo o nutricionista Vinícius Lacerda, um ovo cozido possui, em média, seis gramas de proteína. A quantidade não é suficiente para um dia, mas é uma excelente fonte ao longo da dieta. “A clara do ovo contém albumina, uma proteína que ajuda no desenvolvimento muscular”, diz a nutricionista.

Gengibre

bernadetealves.com
Gengibre

O gengibre tem ação antioxidante no corpo, agindo na prevenção de doenças como gripes, resfriados e envelhecimento precoce. Além disso, ele também tem ação anti-inflamatória, melhorando os sintomas de artrite, dor muscular e doenças respiratórias, como tosse, asma e bronquite. Tem também propriedades analgésicas, anticoagulantes,vasodilatadora, bactericidas e digestivas, acelera o metabolismo e auxilia no emagrecimento.

bernadetealves.com
Mel de abelha e derivados

Uma alimentação saudável deve fornecer ao organismo, em quantidades necessárias, carboidratos, lipídios, proteínas, vitaminas, sais minerais e água.

Carboidratos: são encontrados em vegetais, frutas, pães, cereais, arroz, massas e leite. Entre 50% e 65% da energia necessária ao corpo é fornecida por eles. Deve-se lembrar que eles são fundamentais para um bom funcionamento das funções cerebrais.

Proteínas: são necessárias para o crescimento e para o reparo das células deterioradas, além de auxiliar na digestão e na produção dos anticorpos. São encontradas nas carnes, leite, ovos e frutas secas. Fornecem entre 10% a 15% da energia necessária ao corpo.

Lipídeos: são as gorduras responsáveis por fornecer ao corpo uma grande concentração de energia alimentar. Neles encontramos as vitaminas A, D, E e K, além de auxiliarem na reestruturação dos tecidos. É recomendado que não forneçam mais de 30% de energia ao corpo.

Além de cuidar da higiene e conservação dos alimentos,  o nutricionista Vinícius Lacerda recomenda mastigar bem os alimentos, evitar comida muito condimentada (muito sal, pimenta etc.), não comer em excesso e fazer as refeições em horários regulares.