Combustíveis da longevidade

bernadetealves.com
Bons hábitos alimentares proporcionam bem estar

Com o passar dos anos, as principais funções do organismo entram em declínio. Para envelhecer bem e saudável os especialistas sugerem mudanças de atitudes a partir dos 50 anos. Bons hábitos alimentares e rotina saudável como ingerir bastante água para hidratar os tecidos, tomar sol para a saúde dos ossos e fazer caminhadas diárias para manter a memória em dia, ajudam no bem estar das pessoas.

bernadetealves.com

Ter uma alimentação balanceada e cuidar para que certos hábitos façam parte da rotina ajudam a prolongar a expectativa de vida. Mas cuidar da saúde não deve ter como objetivo apenas viver por mais tempo, mas sim ter a possibilidade de usufruir com qualidade de tudo o que a vida ainda tem a oferecer.

bernadetealves.com

Segundo um estudo realizado com 123 mil voluntários e divulgado no final de 2019 pela Universidade de Harvard, nos EUA, é possível acrescentar mais de 10 anos à vida a partir de certos comportamentos. Alguns deles estão associados ao aumento da expectativa de vida, enquanto outros focam em diminuir o risco de morte prematura.

Os principais são:

  • Ter uma alimentação com o mínimo de açúcar, gordura saturada e carne vermelha.
  • Não fumar.
  • Manter o IMC (índice de massa corporal) entre 18,5 e 25.
  • Ter moderação no consumo de álcool.
  • Fazer caminhadas por, pelo menos, 30 minutos ao dia.
bernadetealves.com
Tomar água hidrata os tecidos e ajuda no transito intestinal

O primeiro hábito que deve ser intensificado com a idade é o aumento da ingestão de água, pois o envelhecimento desidrata os tecidos. Assim, mais água vai para os tecidos e menos é destinada à hidratação do organismo. Por isso, depois de certa idade, o ideal é passar da recomendação de 2 litros de água diariamente e abusar do líquido entre as refeições.

Outra mudança que ocorre no organismo com o passar dos anos é a perda das vilosidades e enzimas intestinais, o que leva à diminuição da absorção de nutrientes. Por isso, a ingestão de um cardápio variado pode não ser o suficiente para gerar uma boa quantidade de vitaminas, minerais e outros fatores nutricionais.

bernadetealves.com

De acordo com os geriatras e nutricionistas, uma pessoa idosa precisa de 50% mais proteínas do que um jovem/adulto, porque seus mecanismos de absorção não são mais os mesmos. Além disso, há perda de massa muscular, aumentando o risco de fadiga e fraqueza, o que pode levar a quedas e consequentes fraturas e lesões sérias. Em muitos casos, a suplementação alimentar passa a ser necessária, sendo indicada por nutricionistas e médicos como uma estratégia importante para compensar a falta de absorção de nutrientes.

Para viver mais e melhor, é importante estar sempre atento às taxas de colesterol, vitaminas e também à pressão arterial. Para ter coração saudável, memória boa e imunidade em alta é preciso repor vitaminas e sais minerais. Os indispensáveis são: Vitamina C, B12, B6,Vitamina D, Cálcio, Magnésio, Zinco,Ômega 3, Caroteno(Luteína e Zeaxantina).

bernadetealves.com
Tomar sol matinal

Atividade física,exposição ao sol, boa noite de sono, ingestão de líquidos, uma dieta com nutrientes que ativem de maneira saudável todas as funções, principalmente, a expressão genética,não fumar e investir na espiritualidade, são combustíveis para viver mais e melhor.

bernadetealves.com
Atividade física ao ar livre

O alto consumo de flavonoides, substâncias conhecidas por seu efeito anti-inflamatório e por melhorar o funcionamento dos vasos sanguíneos, é o segredo de uma vida mais longa. A comprovação é de um estudo realizado por médicos da Edith Cowan University’s School of Medical Sciences, na Austrália e publicado no periódico Nature Communications.

bernadetealves.com

O estudo revela que pessoas que habitualmente consomem doses moderadas a altas de alimentos ricos em flavonoides – como maçã, laranja, brócolis e chá -, eram menos propensos a morrer de câncer ou doenças cardíacas. De acordo com os médicos, 500 miligramas de flavonoides por dia são suficientes para garantir o efeito protetivo.

O iogurte também é outro grande amigo da longevidade. Ele é rico em cálcio e também possui bactérias, da família lactobacillus, que são benéficas para o organismo, além de serem capazes de proteger o aparelho intestinal contra infecções.

Café da manhã saudável

Segundo o nutricionista Vinícius Lacerda, a dieta antienvelhecimento baseia-se em alimentos não processados, cultivados organicamente, sem adição de substâncias químicas e selecionados entre cereais, grãos, frutas e hortaliças. “A dieta balanceada realça a beleza natural do corpo e da pele colaborando para a superação da autoestima”.

Legumes, verduras e frutas, consumidos com regularidade, ajudam no aumento da ingestão de fibras que, além de regularem o intestino, fazem a manutenção dos níveis de colesterol.

bernadetealves.com
Água aromatizada com frutas

Para conseguir diminuir a ingestão de carne e continuar mantendo uma boa dose de proteína no cardápio, a dica é comer porções de grãos, como lentilha, grão de bico e feijão de vários tipos.

Para manter o coração em dia é importante evitar alimentos gordurosos e fritos. A gordura proveniente desses alimentos aumenta o risco de doenças cardiovasculares, além do aumento de casos de câncer de próstata em homens.

bernadetealves.com
Salada de folhas verdes

Temperar a comida com ervas naturais, como orégano, manjericão, cebolinha, salsinha, gengibr, substitui o sal e dá mais sabor aos alimentos. Os condimentos, que não faltam na culinária brasileira, como o alho e a cebola, podem regredir o crescimento de um tumor, além de fornecer proteção cardíaca.

Frutas cítricas, mamão, tomate e couve são boas fontes de vitamina C, essencial para o reforço do sistema imunológico e para a absorção de ferro, que leva à produção de neurotransmissores.

bernadetealves.com

Os vinhos tintos possuem a substância resveratrol capaz de agir como anti-oxidante e anti-inflamatória, além de prevenir o câncer.

Um cálice por dia, não mais do que isso, ajuda na prevenção de doenças cardíacas. A bebida contém polifenóis, que limpam as artérias e reduzem as chances de arterosclerose.