Dia Mundial de Alimentação e o desafio de combater a fome

bernadetealves.com
Dia Mundial de Alimentação e o desafio de combater a fome

O Dia Mundial da Alimentação, criado pela Organização das Nações Unidas em 1945, foi instituído com o objetivo de governantes e população refletirem sobre a importância da alimentação saudável e, principalmente, acessível para todos, combatendo à fome e à desnutrição.

Segundo o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, (SAN) é a realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a outras necessidades essenciais, tendo como base práticas alimentares promotoras de saúde, que respeitem a diversidade cultural e que sejam social, econômica e ambientalmente sustentáveis”.

No papel é tudo perfeito, o problema é a realidade. Dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), do IBGE, relataram que a insegurança alimentar grave atingiu 3,1 milhões de lares brasileiros em 2017/2018. Esse percentual significa que 10,3 milhões de brasileiros estão nessa situação.

bernadetealves.com
Dia Mundial de Alimentação e o desafio de combater a fome

Um dado ainda mais alarmante da POF 2017/2018 é que metade das crianças brasileiras menores de cincos anos vivem em domicílios com algum grau de insegurança alimentar (leve, moderada ou grave).

Segundo dados divulgados pelo IBGE, em setembro de 2020, em cinco anos, aumentou em cerca de 3 milhões o número de pessoas sem acesso regular à alimentação básica, chegando a, pelo menos, cerca de 10,3 milhões o contingente nesta situação.

Para diretor do Centro de Excelência Contra a Fome no Brasil, Daniel Balaban, apoio ao pequeno agricultor é crucial para combater a insegurança alimentar no país.

Balaban diz que, caso as políticas sociais continuem sendo deixadas de lado e as políticas voltadas para a agricultura familiar, responsável pela produção de 70% da alimentação no país, não sejam retomadas a todo vapor, a perspectiva é negativa. “Se nada for feito, não existe milagre. Vamos ao caminho de volta ao Mapa da Fome”

bernadetealves.com
Dia Mundial de Alimentação e o desafio de combater a fome

O 16 de Outubro é oportuno para refletirmos sobre a segurança alimentar e nutrição e, também, discutirmos as dimensões dos problemas alimentares, desenvolver um sentimento de solidariedade e reunir apoio ao combate à fome, à desnutrição, à pobreza e às suas causas básicas.

Não dá para pensar no alimento quando a gente vê tantos desnutridos, tantas crianças vivendo na miséria e idosos indo dormir de barriga vazia. Erradicar a pobreza em todas as suas formas segue sendo um grande desafio para a humanidade.

Papa Francisco, acredita que “a batalha contra a fome e desnutrição não vai terminar enquanto a lógica do mercado prevalecer e os lucros forem perseguidos a qualquer custo”.

Herbert José de Souza, mais conhecido como Betinho,dizia há muito tempo: “quem tem fome tem pressa”.

bernadetealves.com
Dia Mundial de Alimentação e o desafio de combater a fome

Os governantes precisam promover a longevidade e o equilíbrio do negócio do agricultor. Investir em pesquisa e tecnologia para cultivos mais produtivos e de qualidade que atendam às necessidades do agronegócio, da agricultura, do meio ambiente e da sociedade.

Fotos: FAO e Arquivo/Agência Brasil