Médicas do Hospital de Base conquistam Prêmio Jovem Gastro 2020

A médica residente de Hepatologia Carolina Oliveira e a médica residente de  Gastroenterologia Anna Paula Mendanha, orientadas pela médica Liliana Mendes, conquistaram  o Prêmio Jovem Gastro 2020, promovido pela Federação Brasileira de Gastroenterologia.

A conquista dos dois primeiros lugares desta importante competição mostra a excelência do corpo clínico do Hospital de Base e as vantagens que as pesquisas vão proporcionar para os pacientes e a saúde pública do Distrito Federal.

bernadetealves.com
Hospital de Base de Brasília

Carolina Oliveira conquistou o primeiro lugar  com o tema Avaliação de pacientes com shunt intrapulmonar sem síndrome hepatopulmonar no ambulatório de hepatologia de um hospital terciário do Distrito Federal. A pesquisa investigou casos de pacientes com cirrose (doença crônica do fígado) e procurou acompanhar quais deles desenvolveram síndrome hepatopulmonar, uma complicação que pode afetar a qualidade de vida e interferir na lista de transplante, até impossibilitando o procedimento.

bernadetealves.com
Carolina Oliveira médica residente em hepatologia no Hospital de Base

“Acompanhamos pessoas com alteração no ecocardiograma, mas sem alteração na gasometria arterial, e concluímos que, após um ano, 23% delas desenvolveram a síndrome”, explica  a médica residente. Carolina Oliveira diz que ainda há pouca literatura sobre esse tema. “Por isso, é importante essa valorização da nossa produção científica. A pesquisa ajuda a melhorar o atendimento”.

bernadetealves.com
Carolina Oliveira, médica residente em hepatologia no Hospital de Base, Dra. Liliana Mendes e equipe Shunt intrapulmonar

Carolina Oliveira também tem residência em gastroenterologia pelo Hospital de Base e em clínica médica pelo Hospital Regional de Taguatinga. O trabalho sobre shunt teve a participação dos gastroenterologistas Bruno Bandeira e Marcos Carneiro e da cardiologista Sandra Cobra.

bernadetealves.com
Anna Paula Mendanha, médica residente do Programa de Gastroenterologia do Hospital de Base

Anna Paula Mendanha, residente do Programa de Gastroenterologia do Hospital de Base e  residência em clínica médica pelo Hospital Regional do Gama, conquistou o segundo lugar no Prêmio Jovem Gastro 2020, com o tema Spyglass na resolução de coledocolitíase primária: um relato de caso.

O estudo abordou o tratamento de um cálculo biliar de grandes dimensões com o método terapêutico Spyglass,  aparelho introduzido via endoscopia que fragmenta o cálculo em microcálculos. O procedimento facilita a retirada e evita uma cirurgia.

“O Hospital de Base incentiva o estudo e a pesquisa, por ter infraestrutura e profissionais capacitados”, afirma Anna Paula. A médica residente fez o trabalho em parceria com a colega residente Fernanda Barros Viana, o gastroenterologista e endoscopista Flavio Hayato Ejima e a técnica de enfermagem Lígia Aparecida Machado.

bernadetealves.com
Anna Paula Mendanha, médica residente do Programa de Gastroenterologia, com a Dra. Liliana Mendes e equipe de pesquisa Spyglass

A médica Liliana Mendes, que foi a orientadora dos dois estudos vencedores, disse que a pesquisa traz inovação tanto para o trabalho dos profissionais de assistência quanto para os pacientes.  “O Hospital de Base é um ambiente rico, com variedade de doenças tratadas”.  “Participar de eventos como o Prêmio Jovem Gastro é uma oportunidade de mostrar o serviço de excelência e de trazer mais residentes para os programas do Hospital de Base”.

bernadetealves.com
Hospital de Base de Brasília

O superintendente do HBDF, Lucas Seixas, comemorou o resultado. “Isso mostra a qualidade do nosso serviço mesmo em um ano de tantas dificuldades por causa da pandemia do coronavírus”.

Fotos: Davidyson Damasceno/Iges-DF