A ciência das picadas e possíveis chaves para atração de mosquitos

bernadetealves.com
Cientistas explicam quem atrai mais mosquitos e como prevenir as picadas

Desde que existem humanos, há mosquitos zumbindo na esperança de se alimentar do nosso sangue. O problema é que os mosquitos matam mais pessoas do que qualquer outro animal, pois espalham doenças como malária, dengue e vírus do Nilo Ocidental.

Além disso, eles ainda são um incômodo. Aquele barulhinho de mosquito voando ao pé do ouvido quando estamos dormindo é muito chato. Sem falar das inúmeras e insuportáveis picadas que coçam sem parar.

Mas o que os cientistas recomendam para mantê-los sob controle?. Dada a gravidade do problema os cientistas buscaram entender o mecanismo das picadas dos mosquitos e dão dicas de como mantê-los bem longe de nós.

“Estamos sempre em guerra, uma guerra perpétua contra os mosquitos”, disse o Dr. Conor McMeniman, professor assistente de microbiologia molecular e imunologia na Escola de Saúde Pública Johns Hopkins Bloomberg e no Instituto de Pesquisa da Malária Johns Hopkins, em Baltimore.

Como prevenir picadas de mosquito?

Existem inúmeros dispositivos e sprays que prometem afugentar os insetos. Dispositivos ultramodernos, como repelentes ultrassônicos, “não são necessariamente respaldados por pesquisa e ciência, e estão apenas disponíveis no mercado. Eu nunca confiaria em um produto que diz ser 100% eficaz para matar mosquitos”, diz o professor de imunologia.

Dispositivos que pulverizam repelente de insetos em uma área maior podem ser eficazes, mas “acho que vale a pena notar que são inseticidas – obviamente, eles passaram pelos padrões de registro da EPA (Agência de Proteção Ambiental dos EUA), mas você está andando em uma nuvem de inseticida”, diz McMeniman. Em vez disso, recomenda métodos mais testados e comprovados.

“Cobrir o máximo possível durante o verão é realmente importante e aplicar um repelente de insetos registrado pela EPA, com ingredientes como DEET e picaridina”, disse McMeniman. Para quem prefere produtos botânicos, ele recomenda o óleo de eucalipto limão.

Para manter os mosquitos bem longe, verifique se as janelas estão protegidas e ligue um ventilador ou ar-condicionado à noite. Limpe os detritos e drene a água parada em seu quintal semanalmente para evitar que os ovos eclodam.

Por mais tentadoras que sejam as informações fornecidas por vários estudos, não há uma receita simples a seguir. Ao invés de sprays disponíveis em mercados, especialistas recomendam produtos com registro de comprovação

Os mosquitos fazem parte do mundo natural e interagir com eles faz parte da coexistência em nosso planeta. Obtenha um bom repelente de insetos e lembre-se de reaplicá-lo conforme necessário.

O Aedes aegypti, mosquito que transmite dengue e outras doenças, está sendo combatido por mosquitos geneticamente modificados em arquipélago americano.

Repelentes naturais

bernadetealves.com
Plantas que afastam mosquitos

A mestre em Ciências Farmacêuticas pela USP e consultora em desenvolvimento de dermocosméticos, Karina Soeiro, diz que alguns alimentos têm propriedades que por si só podem servir como repelente natural. Uma das maiores fontes de citronela, por exemplo, é a erva-cidreira. Tomar um chá da folha antes de dormir pode ajudar a inibir pernilongos, que se afastarão pelo cheiro do suor.

Karina Soeiro ensina a fazer um repelente de citronela

bernadetealves.com
Citronela ou capim-limão é repelente natural contra mosquitos

Compre óleo essencial de citronela e glicerina em casas especializadas em produtos naturais, ou
então em lojas on-line.

Adicione uma colher de chá de óleo essencial de citronela e uma colher de chá de glicerina em um creme hidratante que você tenha em casa. Ele será seu repelente hidratante e pode ser usado por crianças acima de um ano e inclusive idosos. Se não quiser o repelente junto ao creme, pode substituir por álcool, mas neste caso adicione uma colher de sopa de glicerina para prevenir o ressecamento excessivo causado pelo álcool. Misture bem e complete o volume para 200 ml.

bernadetealves.com
Hortelã é excelente opção não tóxica para afastar mosquitos

Cansou do barulho de mosquito no ouvido e das picadas chatas? As plantas podem ser uma solução natural. A grama citronela (ou capim-limão) é o ingrediente natural mais comumente usado em repelentes de mosquitos. Em vasos ajuda a afugentar os insetos como também Alecrim, Sálvia, Hortelã, Manjericão, Malmequer, Lavanda e Gerânios perfumados.

Como ocorre a picada?

bernadetealves.com
A ciência das picadas e possíveis chaves para atração de mosquitos

Na maioria das vezes, os mosquitos bebem néctares e sucos de plantas, e até ajudam a polinizar as flores. Mas, quando chega a hora de os mosquitos fêmeas produzirem ovos, as futuras mães precisam de proteína extra, que obtêm bebendo sangue.

“Quando um mosquito pica, ele está enfiando a boca em sua pele e sondando para encontrar um vaso sanguíneo”, informa o Dr. McMeniman. Assim que atinge seu objetivo, o mosquito suga os glóbulos vermelhos e o plasma como se estivesse bebendo chá de bolhas por um canudo.

É uma vantagem para o mosquito beber rapidamente e depois sumir sem ser detectado. Para conseguir isso, “os mosquitos cospem na pele todo um coquetel de diferentes proteínas” que atuam como analgésicos e anticoagulantes que impedem a coagulação do sangue, disse ele.

A coceira e o desconforto das picadas de mosquito – resultado da resposta inflamatória do nosso corpo a esse coquetel químico – só surgem mais tarde, quando o inseto já se foi. As reações às picadas diferem de pessoa para pessoa.

O que atrai os mosquitos?

bernadetealves.com
Cientistas ensinam como prevenir picadas de mosquito

Dr. McMeniman descobriu que algumas pessoas realmente são ímãs de mosquitos, e ele documentou isso em seu estudo recente na revista Current Biology. “O quão atraente você pensa que é para os mosquitos pode não necessariamente se correlacionar com o quão atraente você realmente é para os mosquitos”, disse McMeniman. 

Os mosquitos responderam de maneira diferente à variedade de produtos químicos que compõem o buquê de odor corporal de cada indivíduo, e consideram alguns mais apetitosos do que outros. Infelizmente, descobrir o que torna algumas pessoas extremamente atraentes para os mosquitos não é uma questão simples.

“Pode haver uma variedade de fatores que podem influenciar a composição do seu perfume, incluindo sua dieta subjacente, genética e fisiologia. Todas essas coisas poderiam influenciar os tipos de moléculas emitidas pelo corpo humano e também influenciar a composição do microbioma que vive naturalmente em nossa pele”, disse McMeniman.

Embora os detalhes dos cheiros que atraem os mosquitos ainda estejam sendo explorados pelos pesquisadores, há um padrão geral na capacidade dos insetos de encontrar a pessoa certa.

“Primeiro eles cheiram a pessoa, depois veem e, então, quando estão perto o suficiente, talvez a um metro do hospedeiro, eles podem realmente detectar pistas térmicas se dissipando da pele”. Um dos cheiros mais importantes que atrai os mosquitos de longe é o dióxido de carbono, o gás que exalamos quando respiramos, diz o pesquisador.

Ao longo dos anos, vários estudos científicos apontaram possíveis chaves para a atração de mosquitos. Alguns indicaram que as pessoas que bebem cerveja têm maior probabilidade de serem picadas, enquanto outros sugeriram que algumas cores, incluindo o vermelho, podem ser atraentes para os mosquitos.

“Seria realmente útil ampliar esses estudos para ver como essas descobertas são gerais em diferentes pessoas”, disse McMeniman.

Fotos: Raul Santana/Reprodução Fiocruz e Reprodução