Setembro Amarelo – Um giro pela vida

Setembro Amarelo - um giro pela vida -  Bernadete Alves

O girassol é uma flor simbólica e bela, que encanta a todos nós. Não só pela cor como por seguir a luz do sol. A planta originária da América do Norte, cujo o nome científico é Helianthus annus,  é conhecida como “flor do sol” porque tem a particularidade de ser heliotrópica, ou seja, ela gira o caule sempre posicionando sua flor em direção ao sol para crescer e florescer.

Setembro Amarelo - Um Giro Pela Vida - Bernadete Alves
Girasol, flor símbolo da da campanha Na Direção da Vida – Depressão sem Tabu

Todas as manhãs mesmo quando o sol está escondido entre as nuvens, gira persistente em direção à luz. A cor amarela ou os tons laranja das pétalas do girassol representam calor, lealdade, vitalidade e entusiasmo, refletindo a energia positiva do sol. O girassol também pode representar a altivez e felicidade.

Em alusão ao giro pela vida, o girassol foi escolhido como símbolo da campanha Na Direção da Vida – Depressão sem Tabu, iniciativa do movimento mundial Setembro Amarelo, que tem o objetivo de abrir o diálogo e alertar a sociedade sobre a depressão e o suicídio.

Os usuários de redes sociais serão convidados a postar o ícone do girassol para mostrar que estão dispostos a falar sobre o assunto #depressaosemtabu. Eles também poderão conhecer o site www.depressaosemtabu.com.br, que traz informações sobre o tema e orientações sobre a identificação de comportamentos de risco em pessoas próximas.

Setembro Amarelo - um giro pela vida -  Bernadete Alves

A depressão afeta as relações interpessoais, a produtividade no trabalho e causa sofrimento.  Se não tratada pode prejudicar a pessoa a ponto de afetá-la fisicamente. A Campanha tem por meta levar informações às pessoas e mensagens positivas em favor da vida.

O Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, 10 de setembro, foi criado em 2003 pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial de Saúde, com o objetivo de prevenir o ato do suicídio, através da adoção estratégias pelos governos dos países.

Fora da internet, no dia 10 de setembro, Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, um labirinto de dois mil girassóis, com 120 metros quadrados, será montado no Largo da Batata, zona oeste de São Paulo. Quem percorrer o caminho do labirinto acompanhará a jornada do paciente com depressão, desde a dificuldade do diagnóstico até os desafios ao longo do tratamento, como o preconceito ou a sensação de inadequação. A instalação estará aberta das 9h às 18h, até o dia 14.

Setembro Amarelo - um giro pela vida -  Bernadete Alves
Setembro Amarelo – um giro pela vida

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o Brasil é o país com maior percentual de depressão na América Latina, chegando a 5,8% da população, o que corresponde a 12 milhões de brasileiros. A taxa é maior do que o valor global, que é de 4,4%. Igualmente maior do que em outros países, a taxa de suicídio entre adolescentes de 10 a 19 anos aumentou 24% de 2006 a 2015. A cada 46 minutos alguém tira a própria vida no Brasil.

A neurologista da Upjohn Elizabeth Bilevicius, diz que para tratar a depressão e evitar o suicídio, o primeiro passo é ver a depressão como uma doença que precisa ser tratada. “Precisamos criar uma atmosfera de confiança para o paciente se sentir à vontade para dizer que tem a doença e legitimar o que ele sente como sintoma de algo que pode ser tratado. Essa é uma forma de encorajar a busca por ajuda adequada, criando um entorno social mais empático e melhor informado para ajudar essa pessoa”, declarou a neurologista.

O suicídio é um problema de saúde pública e consequência de vários fatores difíceis na história de vida da pessoa que opta por esse desfecho. Vamos, então, estender a mão a quem se tenha isolado. Todos merecem viver felizes e equilibrados.

bernadetealves.com