Regina Duarte promete diálogo e pacificação com setor cultural

bernadetealves.com
Regina Duarte, Michelle Bolsonaro, presidente Bolsonaro, General Hamilton Mourão e General Braga Netto

A posse da atriz Regina Duarte, nesta quarta-feira (4), no Palácio do Planalto, teve descida da rampa e espaço reservado para Fã Clube.da “namoradinha do Brasil”. Ela chegou de forma triunfal e foi recebida com muitos aplausos por atrizes e atores que a aguardavam.

bernadetealves.com
Regina Duarte bate continência para o presidente Jair Bolsonaro

Ao assinar o termo que a coloca oficialmente à frente da pasta,Regina bateu continência e disse que está pronta para a missão. Neste momento os fãs gritaram  “Deus te abençoe!” .  Para eternizar o momento a agora Secretária Especial de Cultura, Regina Duarte, desceu a rampa do Palácio acompanhada do vice-presidente, Hamilton Mourão.

bernadetealves.com
Regina Duarte promete diálogo e pacificação com os setores culturais

Nervosa e emocionada, Regina chamou Bolsonaro de amigo e disse que a relação de ambos é cercada de momentos de felicidade. Depois elogiou a primeira-dama dizendo que Michelle Bolsonaro é “linda, suave, doce e iluminada”.

bernadetealves.com
Regina Duarte assume Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo

“Meu propósito aqui é pacificação e diálogo permanente com o setor cultural, com os estados e municípios, com o parlamento e com os órgãos de controle. O apoio do legislativo é indispensável para que se tornem reais os objetivos da tarefa que vamos iniciar juntos a partir de hoje”, afirmou, durante cerimônia no Palácio do Planalto.

bernadetealves.com
Fã Clube de Regina Duarte acompanham a posse no Palácio do Planalto

Para Regina, a cultura é um dos principais pilares do desenvolvimento social e econômico do país, e uma cultura forte consolida a identidade de uma nação. “Uma nação tem que nutrir e zelar pela cultura do seu povo, democratizando, repartindo com equilíbrio as fatias do fomento para que todas as regiões possam viabilizar e expor sua produção e para que toda a população possa desfrutar da nossa magnífica expressão cultural.”

No discurso, Regina Duarte agradeceu o apoio da sua família, o incentivo dos fãs e anônimos e a confiança do presidente Jair Bolsonaro, do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e de sua nova equipe de trabalho. A Secretaria Especial da Cultura está ligada ao Ministério do Turismo.

“Estamos unidos aos milhões de brasileiros, uma gente que deseja e merece viver em um país onde a cultura seja passaporte para uma vida plena, recheada de sonhos, de fantasias, emoções, momentos felizes, sempre. E que cultura seria essa geradora da tenta felicidade, dona Regina? Para começar, acho que seria alguma coisa que não passasse nem perto do conceito de domínio. Falo de cultura como libertação, dessa argamassa de hábitos e comportamentos, rituais e costumes que se autofertilizam no seio do povo”, destacou a secretária.

bernadetealves.com
Damares Alves, Regina Duarte e Michelle Bolsonaro

O presidente  Bolsonaro disse que, assim como os ministros, Regina Duarte terá liberdade para montar sua equipe. “Você terá liberdade para escolher seu time. Mas eu exerço o poder de veto de alguns nomes”, disse Bolsonaro, afirmando que faz isso até para “proteger” os ministros e “blindar” os órgãos públicos, e não para “perseguir” ninguém.

bernadetealves.com
Presidente Jair Bolsonaro, na cerimônia de posse de Regina Duarte na Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo

 A expectativa do presidente é que a nova secretária impulsione os mecanismos culturais disponíveis, como a Lei Federal de Incentivo à Cultura, conhecida como Lei Rouanet. “A definição de cultura se resume a um conjunto de hábitos, crenças e conhecimentos. E, com esse propósito, depois de um ano de governo, nós achamos, tenho certeza, a pessoa certa que pode valorizar, por exemplo, a Lei Rouanet, tão mal utilizada no passado”, disse o presidente.

bernadetealves.com
Presidente Jair Bolsonaro saúda Regina Duarte, a nova Secretaria Especial de Cultura

A cultura “vai muito além do que nós pensamos” e influencia na economia, afirmou o presidente. “Lógico que não é palpável”, destacou. “A música [por exemplo], é um ânimo, é uma injeção de coragem em você, e nós temos que resgatar isso, e o tempo voa”, disse Bolsonaro, ressaltando que o governo está, “de forma tímida, apenas começando a escrever a cultura”.

bernadetealves.com
Regina Duarte com o ministro André Luiz de Almeida Mendonça da AGU

A Secretária Especial de Cultura, Regina Duarte, é filha de pai militar e de mãe professora de piano, mãe de três filhos e avó de seis netos, nasceu no dia 5 de fevereiro de 1947. Regina é atriz há 55 anos. Atuou em dezenas de novelas, sendo um dos rostos mais conhecidos da televisão brasileira. Para assumir o cargo de secretária especial da Cultura, a atriz encerrou seu contrato com a TV Globo.

bernadetealves.com
Regina Duarte desce a rampa com o vice-presidente Hamilton Mourão