Auto da Compadecida apresenta  “O Medo do Corona”

bernadetealves.com
Matheus Nachtergaele, como João Grilo e Selton Melo como Chicó, em “O Auto da Compadecida”

Auto da Compadecida é uma peça teatral em forma de auto, em três atos, escrita pelo autor brasileiro Ariano Suassuna em 1955. Sua primeira encenação aconteceu em 1956, no Recife, em Pernambuco. A peça também foi encenada em 1974, com direção de João Cândido.

Trata-se de um drama ocorrido na região Nordeste do Brasil, com elementos da tradição da literatura de cordel, do gênero comédia e traços do barroco católico brasileiro. A obra mistura cultura popular e tradição religiosa.

João Grilo (Matheus Nachtergaele) e Chicó (Selton Melo) são dois nordestinos pobres que vivem de golpes para sobreviver. Eles estão sempre enganando o povo de um pequeno vilarejo no sertão da Paraíba, inclusive o temido cangaceiro Severino de Aracaju, que os persegue pela região.

Em 1999, foi apresentada como uma minissérie pela Rede Globo de Televisão (em que houve o acréscimo do artigo “o” antes do nome original).Essa foi a adaptação mais conhecida, e foi editada em 2000 para exibição nos cinemas. Um sucesso de público e crítica.

Agora, em plena pandemia do coronavírus, os aventureiros mostram em vídeo, bem divertido, como se proteger do corona. O primeiro episódio da saga “O Medo do Corona”, foi exibido no Youtube, Facebook e Instagram.

bernadetealves.com
Selton Melo e Matheus Nachtergaele, em “O Auto da Compadecida”