Cravo-da-índia: o botão mágico com ação medicinal

bernadetealves.com
Cravo-da-índia, especiaria utilizada tanto na culinária quanto na medicina desde a Antiguidade


O cravo-da-índia, um pequeno botão seco em forma de flor, é proveniente de uma árvore chamada craveiro, originária das ilhas Molucas, na Indonésia. É cultivado em outras regiões do mundo, como as ilhas de Madagascar e de Granada. A planta prefere bosques paleotropicais húmidos e floresce por torno dos meses de Maio e Junho.

bernadetealves.com
Botões de cravo-da índia

Cientificamente chamado de Syzygium aromaticus, é uma especiaria muito utilizada tanto na culinária quanto na medicina desde a Antiguidade (período que vai de cerca de 3.500 a.C. até a queda do Império Romano, em 476 d.C.).

O toquinho de cerca de 10 milímetros de comprimento e cinco de largura cresce no botão floral da árvore de cravo. Com cheiro forte e sabor inconfundíveis, é mais que protagonista de doces e salgados. Ele é rico em nutrientes e óleos essenciais que beneficiam a mente e corpo, atuando ao mesmo tempo na saúde e na beleza.


O eugenol responsável pelo cheiro forte, é um importante anestésico e antisséptico. É um dos componentes mais reconhecidos do cravinho, que, por estar muito bem estudado, é utilizado há vários anos na medicina dentária para reduzir a dor e a inflamação causadas pelos tratamentos dentários. Segundo vários estudos, esse efeito acontece devido à supressão de prostaglandinas e outros mediadores da inflamação, assim como a depressão dos receptores sensitivos envolvidos na sensação de dor.


Além do mais alivia dores abdominais,cólicas menstruais, dores de cabeça, inflamações na garganta e nas articulações e sintomas da TPM. Isso porque o cravo estimula o fluxo sanguíneo e a liberação de secreções gástricas que facilitam a digestão. Para quem sofre com enjoos,estudos comprovam que o chá também é benéfico e ajuda a aliviar a sensação de náusea.


O cravo-da-índia, além de ter propriedades medicinais também é rico em carboidratos e contém alta quantidade de proteínas e fibras alimentares, vitaminas A, C, E e K, e fonte de vários minerais, como sódio, potássio, cálcio, zinco, ferro, cobre, magnésio e manganês.

bernadetealves.com
Arroz doce com cravo-da-índia


Pode ser utilizado na sua forma natural para enriquecer a alimentação, mas suas propriedades são mais aproveitadas na forma de chás,que ficam ótimos quando feitos em conjunto com canela, limão ou gengibre.

A especiaria é facilmente encontrada em supermercados e drogarias em embalagens pequenas. Além disso, seu óleo essencial é comercializado em lojas de produtos naturais assim como seu uso na cosmética.


Receita do chá de Cravo-da-Índia

bernadetealves.com
Propriedades medicinais do chá de cravo-da-índia


Ingredientes: 1 colher (sopa) de cravos(10g), e 1 litro de água.
Modo de Preparo:
Em um recipiente, coloque a água e os cravos e leve ao fogo. Quando alcançar fervura, deixe por mais 10 minutos, e então desligue, deixando amornar. Coe e consuma em seguida, no máximo três xícaras ao dia.

bernadetealves.com
Flores e botões de cravo-da-índia


O chá revigora e potencializa os efeitos terapêuticos. Fazer por infusão é rápido e simples.


Moa 1 colher de sopa de cravo-da-índia seco. Adicione o cravo moído a um bule ou difusor e coloque a água quente. Deixe a mistura ficar íngreme durante 20 minutos. Coe o chá e adicione canela ou gengibre para dar sabor; o chá é bastante forte.

bernadetealves.com
Cravo-da-índia, especiaria utilizada tanto na culinária quanto na medicina desde a Antiguidade


Dores musculares

Em função de seu efeito analgésico, o chá gelado pode ser utilizado, em compressas, para aliviar dores em músculos e articulações. Além de anestesiar a área, o líquido ajuda a desinchar hematomas e lesões.


Fale com um médico antes de adicionar chá de cravo-da-índia à sua dieta.


A nutricionista Vanessa Marins Maniezo, gerente de Nutrição das Unidades Afiliadas da SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, enumera os benefícios do chá de cravo-da-Índia.

  • Faz mágicas contra o mau-hálito, pois trata as bactérias presentes na boca e no estômago.
  • Ajuda a amenizar náuseas e mal-estar estomacal.
  • Ameniza a dor abdominal provocada pelo acumulo de gases estomacais.
  • Acalma o trato digestivo e reduzir a diarreia. Ele ajuda a substituir os fluidos perdidos pela diarreia.
  • Pode ser utilizado para matar parasitas intestinais, bactérias, bem como infecções por fungos, como candidíase oral.
  • Tem poder analgésico e antisséptico, amenizando febre, dores de cabeça, cólicas menstruais, além de aliviar dores de dente e inflamações de garganta.
  • É aliado em dietas de emagrecimento, pois age direto no metabolismo, aumentando a produção de saliva e dos líquidos responsáveis pela digestão, resultando em queima rápida de gordura.
  • É um excelente antioxidante, pois libera hidrogênio e reduz a peroxidação lipídica, ou quebra das gorduras poliinsaturadas.
  • Ajuda no bom funcionamento da tireoide, sendo um grande aliado de quem tem hipotireoidismo.


Os benefícios cravo-da-índia para a saúde são inegáveis!

bernadetealves.com
Cravo-da-índia, a especiaria que tem ação medicinal

Combate o mau-hálito


Por ter boas propriedades antissépticas e aromáticas naturais, o cravinho pode ser usado como uma opção natural para melhorar o mau hálito. Para isso, basta mascar 1 cravinho-da-índia para notar seus efeitos aromáticos na boca. Bochechar o chá de cravo-da-índia também é uma boa solução para combater o mau cheiro da boca.


Facilita a digestão


O cravo-da-índia melhora a digestão e ajuda no controle da diarreia, por ativar enzimas que auxiliam o estômago e intestino. Além disso ele ainda combate a flatulência, sendo especialmente indicado para ser consumido em forma de chá depois de uma refeição contendo feijão preto, brócolis ou couve-flor, por exemplo.


Relaxa os músculos e combate o cansaço

bernadetealves.com
Cravo-da-índia, especiaria utilizada tanto na culinária quanto na medicina desde a Antiguidade


O óleo de cravo-da-índia ajuda a relaxar os músculos, podendo ser usado em óleos para massagem. Devido ao seu aroma característico ele também é uma boa opção para combater a fadiga e a melancolia, melhorando a disposição para as atividades do dia a dia. Um gel fitoterápico à base de cravinho é um ótimo analgésico para ser usado nos músculos em caso de contusões, por exemplo.

Afasta mosquitos e outros insetos

O óleo de cravo contém um aroma que repele os insetos, porque seu cheiro característico é desagradável a eles.

  • Esmagar alguns cravinhos e deixar num prato sobre a mesa afasta as moscas da fruta.
  • Espetar alguns cravinhos numa laranja ou num limão também é uma boa forma de afastar as moscas e os mosquitos dos ambientes.
  • Ascender velas feitas de óleo de cravo-da-índia, além de perfumar o ambiente, repele os insetos.


Contraindicações do cravo-da-índia

  • As mulheres grávidas não devem abusar de cravos na alimentação e evitar remédios que utilizem essa especiaria na fórmula, pois o cravo-da-índia pode provocar contrações uterinas.
  • O cravo-da-índia é contraindicado por crianças com menos de 6 anos, já que não existem estudos de seus efeitos benéficos nesses grupos.
  • Além do mais o cravo-da-índia pode causar irritação da pele e da mucosa digestiva de algumas pessoas mais sensíveis, por isso deve ser utilizado, preferencialmente, com indicação do fitoterapeuta.
  • O cravinho possui uma substância chamada eugenol que retarda a coagulação sanguínea, por isso o chá de cravo-da-índia e seu extrato seco não devem ser usados 2 semanas antes de uma cirurgia programada.

Fotos: Divulgação