Bicarbonato, vinagre ou água sanitária podem eliminar restos de produtos químicos em frutas e verduras

bernadetealves.com
Frutas, verduras e hortaliças: aliadas da saúde

Um cardápio balanceado, com frutas, legumes e verduras evita doenças que são causadas por falta de nutrientes e previnem outras que podem atingir o coração, além de combater a obesidade.


Frutas são alimentos saudáveis, e assim como as verduras e legumes, possuem uma grande variedade de vitaminas, minerais e fibras. Vegetais possuem os minerais e vitaminas que o corpo precisa para funcionar bem e também são ricos em antioxidantes.Por essa razão, consumir esses alimentos ajuda a prevenir diversos tipos de doenças.

bernadetealves.com
Hábitos saudáveis começam desde a infância

A incorporação de frutas e legumes frescos na dieta de alguém tem demonstrado consistentemente aumentar a saúde geral, incluindo o sistema imunológico. Manter-se saudável potencializa a capacidade do corpo de combater infecções. No entanto, diante do atual surto nacional de Covid-19, surgiram muitas questões sobre a segurança de frutas e legumes frescos. Em especial, sobre a exposição aberta de frutas e legumes.

A falta de tempo para preparar as refeições e a pandemia não pode servir de desculpas para deixar em segundo plano os cuidados com a alimentação. Feijão com arroz ainda são a preferência nas refeições dos brasileiros pelo enorme valor nutricional. A composição de um prato perfeito e saudável, segundo os nutricionistas, também inclui proteínas. Essa fonte pode ser um tipo da carne, sem consumir a carne vermelha todos os dias, variando com peixe ou com frango. Outra fonte de proteína que pode ser incluída é o ovo.

bernadetealves.com
Higienizar corretamente frutas, verduras e legumes elimina resíduos de agrotóxicos e bactérias


As frutas, verduras e hortaliças são alimentos reguladores
, que controlam o funcionamento do intestino. Para consumi-las é necessário alguns cuidados para evitar a ingestão de resíduos de agrotóxicos, bactérias e larvas de insetos causadoras de infecções intestinais e verminoses, que podem estar presentes na casca e na polpa de frutas, hortaliças e verduras.


Os agrotóxicos, por sua vez, quando ingeridos em grande quantidade, podem causar cansaço, irritação na pele, alergias e intoxicação. Em longo prazo o seu consumo pode trazer consequências mais graves.


O professor de toxicologia da Universidade de São Paulo
(USP) Ernani Pinto, explica que a quantidade presente não significa correr riscos de intoxicação. Mesmo existindo legislações que impõe limites que seriam toleráveis para consumo dos resíduos desses produtos químicos nas frutas, verduras e legumes, é importante higienizá-los antes de consumir.

Segundo o especialista, uma técnica muito comum e que já é feita nas residências pode ajudar a diminuir a ingestão de resíduos: deixar as frutas, verduras e legumes, de molho em água misturada com vinagre, ou bicarbonato de sódio ou água sanitária.


O professor Ernani Pinto, diz que essas três misturas garantem uma preservação maior do alimento, destroem bactérias e podem retirar restos de produtos químicos também. Antes de manusear os alimentos é importante lavar bem as mãos com água e sabão.

Modo de Fazer

  • 1 litro de água filtrada;
  • 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio ou 1 colher de café de água sanitária (hipoclorito) ou 2 colheres de vinagre branco;
  • Deixar frutas, hortaliças e legumes de molho por pelo menos 15 minutos;
  • Lavar em água corrente, secar folha por folha com papel toalha e e guardá-las em potes tampados dentro da geladeira. Duram uma semana.

Para frutas e legumes com casca recomenda-se lavar o alimento com uma esponja nova ou uma escova com cerdas macias, próprias para lavar frutas e legumes e detergente.Enxaguar bem. Colocar em uma tigela com um litro d’água acrescido de uma colher de sopa de bicarbonato de sódio. Deixe agir por mais 20 minutos. Enxágue bem e secar. O lugar de frutas, verduras e legumes é dentro da geladeira, devidamente embalados.


Entre ingerir alimentos com resquícios de agrotóxicos e não os ingerir, os profissionais da saúde aconselham a sua ingestão – já que eles contêm nutrientes de vital importância para a nossa saúde – desde que sejam higienizados corretamente, pois tal procedimento pode minimizar os problemas que os agrotóxicos poderiam causar ao nosso organismo.


Embora a higienização sugerida não remova todo o agrotóxico, melhorará bastante as condições do alimento, tornando-os mais adequados para o consumo.

bernadetealves.com
Bicarbonato de sódio retira resíduos de agrotóxicos de frutas e verduras

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomenda a utilização de alimentos que tenham a identificação do produtor no rótulo. Outra orientação é, sempre que possível, adquirir alimentos de agricultores orgânicos (que não usam produtos químicos), assim como os chamados alimentos “da época” (safra), que costumam receber, em média, carga menor de pesticidas.

Por meio de um QR Code (código que pode ser lido pela câmera do celular, por exemplo), essas embalagens permitem saber a origem do alimento e, inclusive, questionar quais pesticidas foram usados. A identificação faz parte de uma legislação de rastreabilidade do Ministério da Agricultura, implementada em 2018 e que todos os produtores de frutas e hortaliças deverão seguir até agosto de 2021.


O professor de agronomia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) Jacinto Batista, explica que produtores de frutas e hortaliças utilizam tanto agrotóxicos de contato (que ficam na casca) quanto os que entram na fruta (defensivos sistêmicos), na produção convencional.

bernadetealves.com
Frutas, verduras e hortaliças: aliadas da saúde

Na análise da Anvisa, nos casos da laranja, do abacaxi e da maçã, a maior parte dos resíduos estava na superfície. O toxicologista da USP Ernani Pinto diz que, visualmente, não dá para detectar a presença de agrotóxicos em frutas e hortaliças. Segundo ele, nenhuma característica da casca pode garantir se aquele produto está com resíduos de pesticidas ou não. Portanto, não é possível determinar um fruto que tenha resíduos apenas na casca ou apenas na polpa.

bernadetealves.com
Bicarbonato de sódio, vinagre ou água sanitária eliminam resíduos de agrotóxicos e bactérias em frutas e verduras

Ao tomar algumas precauções de senso comum, como lavar as mãos com frequência e lavar produtos, os consumidores podem continuar a colher os benefícios de saúde de frutas e legumes frescos, sem incorrer em risco excessivo de adquirir doenças.

Fotos: Divulgação e Shutterstock