Jornalista Edson Luiz perde a vida para a Covid aos 60 anos

bernadetealves.com
Jornalista Edson Luiz perde a vida para a Covid aos 60 anos

É com pesar que registro o falecimento do jornalista Edson Luiz Ferreira 60 anos, vitima de complicações decorrente da Covid-19. Ele foi internado em setembro no Hospital Santa Luzia para tratar de problemas no fígado e nos rins. Ali testou positivo para a covid-19 e na quarta-feira (7), Edson teve um infarto e, em seguida, colapso das funções vitais. Não resistiu.

Edinho, como era chamado pelos colegas da imprensa parte precocemente. Deixa a filha Diana e muitos amigos e colegas e um trabalho respeitado em importantes veículos de imprensa.  A publicitária Diana Tavares, filha de Edinho, disse que o corpo do pai será velado às 12h, na Capela 1 do Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul, nesta sexta-feira (9/10).

“Estou arrasada. Ele é muito importante para mim. Tenho orgulho de ser filha do Edinho. Ele era uma pessoa muito admirada por todos e um pai que sempre me incentivou e me ensinou a ser uma pessoa do bem”, declara  Diana.

O grande nome do jornalismo brasileiro, foi assessor de comunicação do Ministério da Justiça na gestão de Márcio Thomaz Bastos, durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

bernadetealves.com
Jornalista Edson Luiz Ferreira

Fez história em vários veículos de imprensa. O carioca iniciou a carreira como correspondente do jornal O Estado de S. Paulo na região Norte, onde permaneceu por longos anos. Também trabalhou no O Globo, Zero Hora e Correio Braziliense.

O fotógrafo Orlando Brito recebeu com pesar o falecimento do amigo. “É uma perda não só para o jornalismo brasiliense, mas para o nacional também. Ele era um sujeito que brilhou tanto quanto assessor que foi durante muitos anos no Ministério da Justiça, quanto repórter”.

O jornalista de primeira categoria, Edson Luiz, era alegre, generoso, alto astral, respeitoso, preciso como repórter e muito prestativo. Uma triste perda.