Dianthus: a graciosa flor em forma de beijo que acaricia a alma

bernadetealves.com

A Dianthus é uma flor nativa da Europa e Ásia, e principalmente da China, onde é conhecida como Dianthus chinensis.  Elas são um gênero de plantas floríferas pertencentes à família Caryophyllaceae. Também fazem parte do mesmo gênero o Cravo (Dianthus caryophyllus). Por isso se propagou para o mundo com o nome de Cravina.

bernadetealves.com

O cravo-da-índia chinensis, popularmente conhecido como rosa arco-íris ou rosa da China, é uma espécie de cravo-da-índia nativa do norte da China, Coréia, Mongólia e sudeste da Rússia. É uma planta herbácea perene que cresce entre 30 e 50 cm de altura.

bernadetealves.com

Com vários padrões de coloração em suas flores, a cravina é uma planta fácil de cultivar, especialmente em regiões de clima ameno. Dependendo da variedade cultivada, é uma planta que atinge de 15 cm a 50 cm de altura, com uma atraente folhagem verde ou verde-acinzentada.

bernadetealves.com
Dianthus ou Cravina multicoloridas

A propagação pode ser feita por sementes ou por divisão de plantas bem desenvolvidas. As sementes podem ser semeadas em vasos, sementeiras ou outros recipientes. A germinação das sementes normalmente ocorre em uma a quatro semanas e o transplante para o local definitivo pode ser feito quando as mudas estiverem com 5 ou 6 semanas de vida.

bernadetealves.com
Dianthus ou Cravina como bordaduras de jardins

Cresce melhor com luz solar direta, porém pode ser cultivada em sombra parcial com boa luminosidade. Quando o clima está muito quente, pode ser benéfico providenciar algum sombreamento durante as horas mais quentes do dia.

Em regiões de clima frio, floresce principalmente no fim da primavera e no verão. Em regiões com inverno relativamente ameno, pode chegar a florescer durante todo o ano. É uma planta relativamente resistente a curtos períodos de seca.

Suas flores, além de serem muito bonitas, são geralmente perfumadas, e podem ser usadas como flores de corte em lindos arranjos para presentes.

As graciosas flores possuem cinco pétalas, geralmente com um franzido ou margem cor de rosa, e são em quase todas as espécies, rosa escuro pálido, podendo ser encontradas do branco ao carmim e também bicolores.

bernadetealves.com

As pétalas largas com suas bordas serrilhadas são a marca registrada do Dianthus chinensis ou Cravina, de uma beleza única que remete às flores do campo. Não é por outra razão que a flor é frequentemente utilizada no paisagismo, principalmente em bordaduras, sacadas e em vasos.

bernadetealves.com

Assim como as outras espécies da mesma família, os Dianthus chinensis têm um importante papel na composição de arranjos florais, podendo ser encontrados nas cores branca, pink, vermelha ou mescladas. Na natureza, as flores podem ser solitárias ou formar pequenos bouquets.

bernadetealves.com
Dianthus ou Cravina transportada em vasos

Uma espécie, a Dianthus knappii, tem flores amarelas com um roxo no centro. Algumas espécies, principalmente as perenes cor-de-rosa, são notadas pela sua fragrância picante e quantidade de flores.

bernadetealves.com

Dianthus chinensis ou cravina brasileira embelezam a natureza e proporcionam alegria nestes tempos de pandemia. Uma flor adequada para o Outubro Rosa e para nos lembrar a importância de cuidarmos da nossa saúde.