Brasília já tem a vacina CoronaVac

bernadetealves.com
Primeiras doses da Vacina CoronaVac chegam em Brasília

As primeiras 106 mil doses da CoronaVac, imunizante da farmacêutica chinesa Sinovac produzido em parceria com o Instituto Butantan, chegaram à capital federal na tarde desta segunda-feira (18/1), vindas de São Paulo.

bernadetealves.com

O medo e a angústia começam a ser substituídos pela esperança. Viva a Ciência, Viva a vida.

bernadetealves.com
Vacina CoronaVac chegando em Brasília

A aeronave C-130 da Força Aérea Brasileira com as doses da CoronaVac chegou no Hangar da FAB antes das 15 horas. Sob escolta da Policia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, as vacinas foram  levadas  para a Central da Rede de Armazenamento de Frios da Secretaria de Saúde, no SIA, onde a temperatura de armazenamento das vacinas será verificada. Em seguida, os imunizantes passam por uma climatização, para serem guardados na temperatura adequada.

bernadetealves.com
Caminhão transportando as doses da CoronaVac até o SIA

A vacina CoronaVac precisa ficar armazenada em temperaturas entre 2°C a 8°C, em refrigeração constante. As câmaras frias são fundamentais para manter a qualidade e assegurar a eficácia da vacina, que não pode passar por variação de temperatura, manuseio incorreto, ou problemas como queda de energia, por exemplo.

bernadetealves.com
Vacina CoronaVac chegando em Brasília para o início da imunização

A segurança e a distribuição nos postos de saúde do Distrito Federal ficará a cargo da Polícia Militar. O secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres, acompanhou a chegada do material.

O secretário de Saúde Osnei Okumoto garantiu que o DF tem tem estrutura suficiente para ativar 90 salas para a primeira etapa da vacinação. Ao todo, a Secretaria de Saúde estima imunizar 604,8 mil pessoas nas primeiras fases da imunização no DF.

bernadetealves.com
Secretários Osnei Okumoto, da Saúde e Anderson Torres, da Segurança Pública

1ª etapa (189.514 pessoas)

  • Trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19;
  • Pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas);
  • Indígenas.
  • Inicialmente, o grupo incluía a população idosa a partir dos 75 anos de idade. No entanto, segundo a SES-DF, essas pessoas não serão vacinadas nesta primeira fase, por determinação do Ministério da Saúde.
bernadetealves.com
Primeiras doses da vacina CoronaVac estão em Brasília

Para as etapas seguintes ainda não há imunizante disponível e nem data para início da vacinação. A esperança é que chegue logo os insumos da China para que o Butantan possa continuar produzindo a CoronaVac.

O Brasil tem um bom parque tecnológico com capacidade de produção adequada. Até o momento, o Instituto Butantan tem insumos para mais 4,8 milhões de doses, previstas para serem entregues no fim de janeiro e com pedido de uso emergencial feito na Anvisa nesta segunda-feira (18/1).

Segundo o diretor do Butantan, Dimas Covas, são cerca 5 mil litros da matéria-prima – Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) – que estão parados na China. Até o fim do mês, há a expectativa de que um novo lote com o volume próximo ao primeiro chegue ao país.

Fotos: Paulo H. Carvalho e Joel Rodrigues/Agência Brasília