Chuva em junho surpreende brasilienses

bernadetealves.com
Chuva em junho surpreende brasilienses no Eixo Monumental

Com 34 dias no período de estiagem, o Distrito Federal foi premiado com chuvas no domingo, 13/6, ao cair da tarde. As precipitações já eram esperadas pelo Inmet, mas o volume surpreendeu até os meteorologistas.


Na segunda-feira, 14, no inicio da noite, a chuva veio intensa com ventos, raios e até granizo em áreas como Park Way, Gama e Riacho Fundo 2. Segundo o Inmet o granizo se forma quando as baixas temperaturas congelam as gotículas de água dentro das nuvens.

bernadetealves.com
Chuva de granizo em junho de 2021 é registrado no DF

No Plano Piloto choveu por mais de 30 minutos, e foi contabilizado 29,4mm. A média esperada para o mês era de apenas 4,9mm. Uma chuva abençoada para equilibrar a umidade relativa do ar que estava em queda.


“Nossa previsão apontava sinal de chuva, que se potencializou no fim de semana, mas não prevíamos a intensidade dessas precipitações”, diz o meteorologista Mamedes Melo.


Segundo ele, a chuva fora de época ocorreu devido ao contraste térmico. “Um corredor de umidade estava sobre a região, como ele avançou sobre a região mais quente, ocasionou as pancadas”, explica. “O corredor está indo embora, mas ainda há condições de chuva para hoje e amanhã. Depois disso, a seca vai voltar a predominar”.


Em Vicente Pires, a rua 12 ficou alagada devido às chuvas de ontem a noite. Na manhã desta terça (15), devido à lama que ainda permanecia no local, carros ficaram atolados. Por volta das 8h, motoristas usavam correntes nas rodas para tentar desatolar os veículos.


Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) a previsão para esta terça-feira, 15 de junho, é de chuvas intensas em áreas isoladas, com ventos que podem chegar a 60km/h.

bernadetealves.com
Chuva em junho de 2021 deixa ruas cheias de lama em Vicente Pires

As temperaturas também vão continuar baixas, com mínima de 14°C. Com a alta nebulosidade, não vai fazer calor ao longo do dia e, à tarde, a máxima é de 29°C.


Não é comum chover nesta época do ano. Segundo o meteorologista Mamedes Luíz Melo, o recorde de chuva em junho é do ano de 1988, quando foram contabilizados 43,8 mm no período de estiagem.

bernadetealves.com
Chuva em junho surpreende motoristas na Estrada Parque Taguatinga

Fotos: Divulgação