Brasil é ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio

bernadetealves.com
Seleção brasileira no lugar mais alto do pódio nas Olimpíadas de Tóquio


O futebol masculino do Brasil venceu a Espanha na manhã deste sábado por 2 a 1 e conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Matheus Cunha fez o primeiro aos 46 do primeiro tempo e a Espanha com Oyarzabal aos 14 da segunda etapa. Malcom, que entrou no lugar de Matheus Cunha, decidiu para o Brasil aos 2 do segundo tempo da prorrogação, no Estádio Internacional de Yokohama, com a presença de cerca de 500 credenciados.


Dezenove anos depois do pentacampeonato mundial, o Brasil voltou à cidade japonesa para conquistar o bicampeonato olímpico e deixar Yokohama verde e amarela novamente. A final foi sofrida mas emocionante.

bernadetealves.com
Futebol masculino do Brasil ganha medalha de ouro em Tóquio

Foi uma disputa intensa pela posse de bola desde o apito inicial da partida, Seleção perde pênalti com Richarlison e no final do primeiro tempo o Brasil consegue abrir o placar com Matheus Cunha. A Espanha mudou e conseguiu empatar. O tempo regulamentar terminou com as duas equipes desgastadas fisicamente. Na prorrogação o Brasil voltou mais intenso e teve mais chances como o lindo gol de Malcom Filipe para a consagração do técnico André Jardine.

  • bernadetealves.com
  • bernadetealves.com

Com a vitória o Brasil chega ao bicampeonato olímpico e iguala-se com a Grã Bretanha (1908 e 1912), Uruguai (1924 e 1928) e Argentina (em 2008 e 2012). O time canarinho é o que mais conquistou medalhas na modalidade na história dos Jogos: sete, sendo duas de ouro, três de prata e duas de bronze.

O Brasil agora tem 117 jogadores medalhistas olímpicos no futebol desde a medalha de prata em Los Angeles-1984 até Tóquio-2020 com Santos, Brenno, Lucão, Daniel Alves, Gabriel Menino, Nino, Diego Carlos, Ricardo, Bruno Fuchs, Guilherme Arana, Abner Vinicius, Douglas Luiz, Bruno Guimarães, Matheus Henrique, Claudinho, Reinier, Antony, Richarlison, Matheus Cunha, Malcom, Gabriel Martinelli, Paulinho.

bernadetealves.com
Campeões olímpicos no futebol masculino em Tóquio


Autor do gol do título, Malcom Filipe, que joga no Zenit, da Rússia, só foi liberado no dia 19 de julho, três dias antes da estreia. Quis o destino que fosse o herói do ouro olímpico. A partir de agora ele terá como parceiro em seu clube Claudinho.


O capitão da equipe, Daniel Alves, camisa 13, com a medalha dourada no peito, comemorou muito o seu 42º título da carreira, sendo cinco deles com a camisa da seleção brasileira, em seus 20 anos de futebol. Ele é o jogador com mais troféus da história do futebol, à frente de Pelé e Messi.

bernadetealves.com
Brasil conquista ouro olímpico com futebol masculino em Tóquio

“Tinha falado antes: por mais história que tenhamos,a gente era virgem neste aspecto. Vim aqui pela primeira vez e voltar com prêmio maior não tem preço. Tem momentos que sobram palavras. A gente busca decifrar e,às vezes, foge porque é muito maior do que possamos falar. Estar no maior evento do mundo, com os maiores do esporte, é indescritível”, declarou ao SporTV.

bernadetealves.com
Brasil é bicampeão olímpico no torneio masculino em Tóquio sob a liderança de André Jardine

Fotos: Divulgação e Reprodução