Tolerância: respeitar os modos de viver de cada um e conviver harmoniosamente com as diferenças

bernadetealves.com
Tolerância – respeito e diálogo entre diferentes culturas, religiões e civilizações

O Dia Internacional para a Tolerância foi instituído pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas no dia 16 de Novembro de 1996, em reconhecimento à Declaração de Paris, assinada na mesma data no ano de 1995 por 185 Estados-membros da Unesco, para combate qualquer tipo de intolerância e preconceito, seja ele religioso, sexual, econômico ou cultural.


A Declaração de Princípios sobre Tolerância afirma que tolerância não é indulgência nem indiferença e sugere “o respeito e a apreciação da rica variedade das culturas do mundo e formas de expressão”.


A tolerância é uma atitude fundamental para quem vive em sociedade. É a capacidade que uma pessoa tem de perdoar certos erros, aceitar opiniões ou comportamentos que difiram dos seus, aceita que o outro desfrute da mesma liberdade e tem a livre escolha de suas convicções.

bernadetealves.com
Tolerância – respeito e diálogo entre diferentes culturas, religiões e civilizações


Sem tolerância não pode haver paz e sem paz não pode haver nem desenvolvimento nem democracia.


Passos para ser uma pessoa mais tolerante

  • Ouça o outro. Se você quer que escutem e aceitem –ou, pelo menos, entendam– sua opinião, trate também de ouvir a outra pessoa
  • Não aja com desrespeito
  • Resolva conflitos
  • Exercite a paciência
  • Cuidado com o mau humor
  • Faça uma autoavaliação
  • Coloque-se no lugar do outro.


Portanto, ser tolerante significa ter respeito pelo outro, ter paciência, saber ouvir e pensar mais antes de agir. Identificar o que incomoda nas pessoas e na própria natureza favorece a autocrítica adequada e o controlo das emoções e atitudes.

bernadetealves.com
Respeito mútuo é essencial para evitar atitudes de intolerância


O Dia Internacional da Tolerância foi criado na intenção de combater todo e qualquer tipo de intolerância. A data tem por objetivo promover o bem estar, o progresso e a liberdade de todos os cidadãos, assim como fomentar a tolerância, o respeito, o diálogo e cooperação entre diferentes culturas, religiões, povos e civilizações.


Aqui no Brasil comemoramos, também, o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, data que também possui o significado de conscientizar à população a respeitar as diferenças religiosas que existem no país.

bernadetealves.com
Sem tolerância não pode haver paz e sem paz não pode haver nem desenvolvimento nem democracia


Com a globalização, a pluralidade cultural que existe no mundo se tornou ainda mais interligada, exigindo uma maior compreensão das pessoas em respeitar os diferentes modos de viver de cada cidadão. Isso, no entanto, não significa que devemos aceitar as ideias ou doutrinas de todas as sociedades, mas apenas aprender a respeitá-las e conviver com as diferenças.


Tolerar é respeitar, é se abrir ao diálogo, à cooperação entre povos e pessoas.

O combate às intolerâncias de todos os tipos (religiosa, de idade, de raça econômica, social, cultural, sexual…) é uma luta diária que devemos ter sempre em mente.


Fotos: Reprodução