Juscelino Kubitschek: 120 anos de vida e legado honroso

bernadetealves.com
Juscelino Kubitschek: 120 Anos de vida e legado honroso


Celebramos neste 12 de setembro os 120 anos de nascimento de Juscelino Kubitschek, fundador de Brasília e maior estadista da história da política brasileira.


Liderança política, competência em gestão pública, capacidade de diálogo, destemido e compromisso com a população são alguns dos tributos do melhor presidente que o Brasil já teve.

bernadetealves.com
Memorial JK: vida e obra do Presidente Juscelino Kubitschek


Juscelino Kubitschek triunfou e conseguiu cumprir com o que prometeu mesmo diante de tantos obstáculos políticos e econômicos. Com sorriso cativante e habilidoso no trato com as pessoas e seus adversários, combateu sem deixar inimigos se tornou uma liderança e construiu um legado honroso e uma era de ouro para o Brasil.

bernadetealves.com
Anna Christina Kubitschek, celebra os 120 anos de nascimento do Presidente JK, seu avó e fundador de Brasília


Para festejar a vida de JK e manter cada vez mais viva a imagem do incomparável estadista, sua neta, Anna Christina Kubitschek Pereira, o bisneto Felipe Kubitschek e Paulo Octávio, colocaram coroas de flores na Câmara Mortuária,do Memorial JK.

O ex-presidente do Brasil (1956-1961) e fundador de Brasília, ex-governador de Minas (1951-1955) e ex-prefeito de Belo Horizonte (1940-1945), foi também homenageado pelo presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco, senador de MG e pelo senador Randolfe Rodrigues.

bernadetealves.com
Presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco, durante homenagem aos 120 anos de nascimento de JK

Jk nos ensinou sobre a importância de respeitar a democracia e pensar no desenvolvimento de um país.


Na ocasião ocorreu o lançamento da obra 1960, a última de uma série histórica de 1956 a 1960, com os discursos proferidos pelo Presidente JK.

Destaque para um de seus discursos de 1960 que segue atual: “É preciso que um povo encontre em si mesmo a razão consciente de seus atos para assegurar em face do mundo a sua definitiva maturidade”.

bernadetealves.com
Senador Randolfe Rodrigues na celebração dos 120 anos de nascimento de JK


A coleção foi encerrada em 2022, ano que marca os 120 anos de nascimento do político mineiro. As publicações estão disponíveis na Livraria do Senado.  


O trabalho conjunto do Conselho Editorial do Senado e do Memorial JK, merece aplausos

bernadetealves.com
Memórias do Brasil 1960 – obra que celebra os 120 anos de vida e legado honroso de JK

Juscelino Kubitschek casou-se com Sarah Kubitschek em 1931 e o casal teve a filha Márcia e, mais tarde, adotaram Maria Estela. Dona Sarah foi a responsável pela construção do Memorial JK que presidiu até seu falecimento em 1996. A responsabilidade de manter vivo o legado de JK foi assumido pela neta Anna Christina, filha de Márcia, que foi vice-governadora do DF.

bernadetealves.com
Estátuas de Sarah Kubitschek e Juscelino Kubitschek no Memorial JK


Com o lema “cinquenta anos em cinco”, Juscelino assumiu a Presidência em 31 de janeiro de 1956 e coloca em prática o Plano de Metas. Uma das principais obras foi a implantação da indústria automobilística através de incentivos fiscais.

bernadetealves.com
Juscelino Kubitschek, o mineiro que construiu um legado honroso e uma era de ouro para o Brasil e Brasília


Ainda durante a campanha eleitoral, em abril de 1955, Juscelino foi questionado por um cidadão, se cumpriria a Constituição Federal caso fosse eleito, transferindo a capital do Rio de Janeiro para a região central do país.


Cinco anos depois, nascia a obra máxima da moderna arquitetura brasileira, inaugurada em 1960, e desde 1972 considerada Patrimônio Cultura da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).


Brasília significou realmente uma profunda mudança de rota na vida dos brasileiros. Representa a vitória de um espírito novo, da ousadia, perseverança e vontade política. Uma cidade que abre os largos horizontes para o amanhã e espalha fé, confiança e esperança para as gerações.


Na era de JK, o Brasil deu um salto para o progresso econômico e desenvolvimento humano.


Homenagear JK, o 21º Presidente do Brasil, que governou para o bem da Nação, é lembrar o nosso compromisso com a democracia e a cidadania.


Juscelino Kubitschek de Oliveira, também conhecido pelas suas iniciais JK foi médico, oficial da Polícia Militar mineira e político brasileiro. JK concluiu o curso de humanidades do Seminário de Diamantina e em 1920 mudou-se para Belo Horizonte.


Parabéns, Presidente Juscelino! Nossa gente, nosso horizonte, nosso céu anil, nosso Cerrado e nossa aurora e nosso crepúsculo, hoje festejam sua existência.


Fotos: Arquivo Público de Brasília e Pedro Gontijo/Senado Federal