Luto na televisão: morre o apresentador Rodrigo Rodrigues

bernadetealves.com
Rodrigo Rodrigues no comando do programa Troca de Passes

É com pesar que registro o falecimento do apresentador, escritor e músico, Rodrigo Rodrigues, 45 anos, vítima de complicações pela Covid-19. Ele estava internado desde o dia 26, no Hospital Unimed-Rio, no Rio de Janeiro.

Após a confirmação de trombose venosa cerebral, ele foi submetido a um procedimento para diminuição da pressão intracraniana. Em estado grave, o jornalista estava sendo monitorizado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas não resistiu e veio a óbito na manhã de hoje.

Coube a Janaína Xavier, dar ao vivo no Spor TV News a triste notícia que causou comoção em todos os colegas, amigos e fãs. Emocionada, a jornalista relembrou com carinho a estreia do amigo no canal esportivo, que ocorreu justamente como comentarista do mesmo programa na qual ela noticiou o triste acontecimento.

“Hoje, eu tive a dura missão de dar a notícia da morte do meu amigo. Senti que ele me escolheu. Foi emocionante… Quase que entendendo que foi a forma de fecharmos o nosso ciclo. Ele começou comigo, no meu programa, e coube a mim dar a notícia da despedida dele. Acho que o legado que ele deixa é de um jornalista super versátil, inteligente, culto, bem-humorado e cativante. Ele era de uma doçura ímpar. Nunca vou me esquecer dele”, disse Janaína Xavier.

bernadetealves.com
Rodrigo Rodrigues com Janaína Xavier

No Seleção, homenagens foram prestadas pelo apresentador André Rizek e pelos comentaristas Júnior, Lédio Carmona, Paulo Vinícius Coelho (PVC) e Paulo César Vasconcelos, Dejan Petković e Sérgio Xavier. Praticamente todos os comentaristas choraram durante o programa.

Juca Kfouri, Ana Thaís Matos, Grafite, Luiz Carlos Jr.,Cléber Machado,  Luís Roberto, Zico,Júnior, Renato Gaúcho, Vanderlei Luxemburgo. PVC disse: “Inacreditável que esse vírus maldito tenha atacado justamente o cérebro genial dele”. Vanderlei Luxemburgo falou sobre amizade com Rodrigo Rodrigues: “Cara fenomenal, astral fantástico”.

bernadetealves.com
O apresentador Rodrigo Rodrigues com os comentaristas Sérgio Xavier e Dejan Petković

Renato Portaluppi, comandante do Grêmio, gravou um vídeo em homenagem a Rodrigo Rodrigues . “Hoje o país perdeu um grande profissional, um grande apresentador, um grande amigo: Rodrigo Rodrigues. Muito triste, mesmo. Meus sentimentos à família. Nessas horas fica até difícil de se expressar. É realmente muito triste, vai em paz meu irmão. Vai em paz” .

A comentarista Ana Thaís Matos prestou uma homenagem ao amigo. “Hoje é o dia mais triste da minha carreira. Meu amigo, parceiro de pizza na madrugada, generoso, divertido, que me ensinou tanto sobre ser leve em televisão. Rubro-negro doente, viciado em camisas de clubes, música, Zico e resenha. Meu canalha favorito! Nosso amigo!”, lamentou.

Galvão Bueno prestou uma homenagem a Rodrigo Rodrigues durante a participação no Seleção SporTV desta terça-feira e pediu que a pandemia de coronavírus seja encarada com mais seriedade no Brasil.  “Quando a doença se aproxima da gente de uma forma como essa, a gente tem obrigação de falar mais forte, de cobrar mais, de exigir mais, de não permitir que minimizem a pandemia, que diminuam a gravidade, a força terrível dessa tempestade”.

 “ Eu prefiro falar do Rodrigo Rodrigues que conheci: um talento puro, com um futuro gigantesco pela frente. Seria um grande sucesso porque era um grande comunicador, tinha o dom da comunicação, de tocar as pessoas, de fazê-las ficarem felizes de conviver com ele. Ele estava há um ano e meio conosco e parecia que estava uma vida toda. Por onde passou, só deixou amigos e agora só vai deixar saudades”, afirmou o narrador.

Durante o Seleção SporTV desta terça, o médico e diretor do hospital, Gabriel Massot, explicou o que aconteceu com Rodrigo. “O Rodrigo chegou ao hospital no sábado com quadro sugestivo de acidente vascular cerebral. Desde então foi acompanhado pela equipe de neurologia clínica e cirúrgica e, de uma forma leiga, houve um extravasamento do sangue de dentro dos vasos, o que gerou um aumento da pressão intracraniana. Foi abordado cirurgicamente para que houvesse um controle do sangramento e diminuição da pressão, mas infelizmente ele não resistiu”.

Rodrigo Rodrigues apresentou o Troca de Passes pela última vez no dia 9 de julho, quando relatou que um amigo com quem tivera contato recente testou positivo. No dia 13, o apresentador fez o exame, que também diagnosticou a Covid-19. Desde então, cumpriu o isolamento em casa, com acompanhamento da equipe médica da Globo.Inicialmente, apresentou sintomas leves, como falta de paladar e olfato, mas disse que se sentia bem. No entanto, a situação mudou no último sábado, quando deu entrada no hospital com vômitos, desorientação e dor de cabeça.

No SporTV, ele comandou programas como “Troca de passes”, “Redação SporTV”, “SporTV News”, “Tá na Área” e “Seleção SporTV”, além de ancorar o “Globo Esporte” em esquema de plantão aos sábados na TV aberta. Na ESPN Brasil, ele foi o primeiro apresentador do “Resenha ESPN”, um dos mais conceituados programas do gênero.

bernadetealves.com
Apresentador Rodrigo Rodrigues, no Redação

Rodrigo Rodrigues foi um dos grandes nomes da televisão brasileira nas últimas décadas. Iniciou a carreira em 1995, na Rede Vida, embora só fosse ingressar na faculdade de Jornalismo dois anos mais tarde. Em 2001, aceitou um convite da TV Cultura para integrar a equipe do programa “Vitrine”, apresentado por Marcelo Tas. Rodrigo ficou por lá até meados de 2003 e, na sequência, teve passagem curta como repórter no SBT.

Rodrigo Rodrigues fez carreira em diversos canais de televisão, como Band, Gazeta e Esporte Interativo. Além do esporte, o jornalista também trabalhou na área cultural, em programas como “Vitrine”, da TV Cultura, “5 Discos”, da Gazeta, e “Cor de Rosa”, do SBT.

Rodrigo de Oliveira Rodrigues nasceu Rio de Janeiro, no dia 18 de abril de 1975. Além de jornalista, ele era músico e escritor. Entre as características marcantes de Rodrigo Rodrigues estavam a simpatia e a perspicácia entre assuntos como o esporte, música e cinema.

bernadetealves.com
O músico Rodrigo Rodrigues fundador e guitarrista da Banda The Soundtrackers

Rodrigo também cantava e tocava guitarra. Em 2008, ele fundou a banda The Soundtrackers, que apresenta trilhas sonoras de cinema. Projeto divertido, o grupo tocava em casas menores de shows, eventos corporativos, festas fechadas e até casamentos. E, em 2010, a banda registrou o CD/DVD ao vivo Os Tocadores de Trilhas. O apresentador de TV também se notabilizou na música. O músico se apresentou no quadro “Ding Dong”, do “Domingão do Faustão” e surpreendeu todo mundo como guitarrista ao fazer um tributo aos Bee Gees com o hit “Stayin’ Alive”.

Especializado em cultura dos anos 1980, Rodrigo já escreveu um livro sobre o assunto. Em 2009, ele lançou As Aventuras da Blitz, que conta a história do grupo liderado por Evandro Mesquita. Além disso, o jornalista ainda fez o Almanaque da Música Pop no Cinema (2012), London London: O único guia para conhecer Londres utilizando o metrô (2014) e Paris Paris – Conheça a cidade luz utilizando o metrô (2016).

bernadetealves.com
O guitarrista Rodrigo Rodrigues, fundador da Banda The Soundtrackers

Rodrigo Rodrigues  também trabalhou como locutor e apresentador da Rádio Globo em São Paulo. “Comecei desenhando, passei para o violão e aí, quando eu achava que ia ser professor de artes e tocar na noite, fiz um teste acidental e virei apresentador de televisão. E não parei mais, faz 25 anos isso”, disse, em março após se apresentar na TV.

Quem estava acostumado a acompanhar Rodrigo Rodrigues na apresentação do programa Troca de Passes no SporTV, como eu, vai sentir muito a sua falta. Ele conduzia o programa com leveza e informação responsável.

Nossa solidariedade  aos  familiares, amigos e admiradores do trabalho do jornalista Rodrigo Rodrigues. Rodrigo deixa um filho de 24 anos de nome Gabriel. Ele é músico e jornalista. A informação foi divulgada pela família, após a morte de Rodrigo, por um pedido especial do apresentador.