Papa Francisco celebra Domingo de Ramos e diz que Jesus está nos rejeitados

bernadetealves.com

O Papa Francisco presidiu na manhã deste domingo, 28 de março, na Basílica de São Pedro, a missa do Domingo de Ramos, início da Semana Santa, em que é celebrado os mistérios da Paixão, morte e Ressurreição de Cristo.

bernadetealves.com

Com uma presença limitada de fiéis no respeito às medidas sanitárias previstas devido às exigências que a crise pandêmica da Covid-19 impõe, a celebração teve início com a tradicional bênção dos ramos, que recorda a entrada triunfante de Jesus em Jerusalém.

  • bernadetealves.com
  • bernadetealves.com

O rito foi feito aos pés do Altar da Confissão da Basílica Vaticana: os fiéis tinham em mãos os ramos de oliveira. Depois de abençoar os ramos e ser lido um breve texto do Evangelho que narra a entrada de Jesus em Jerusalém, o Papa dirigiu-se ao altar da Cátedra, prosseguindo a missa.

bernadetealves.com
Papa Francisco celebra Domingo de Ramos e diz que Jesus está nos rejeitados

“No Crucificado, vemos Deus humilhado, o Onipotente reduzido a um descartado. E, com a graça do assombro, compreendemos que, acolhendo quem é descartado, aproximando-nos de quem é humilhado pela vida, amamos Jesus, porque Ele está nos últimos, nos rejeitados”, disse o Papa Francisco neste Domingo de Ramos, início da Semana Santa.

O Pontífice disse que Jesus sofreu toda esta humilhação para tocar até ao fundo a nossa realidade humana, para atravessar toda a nossa existência, todo o nosso mal; para Se aproximar de nós e não nos deixar sozinhos no sofrimento e na morte; para nos recuperar, para nos salvar.

bernadetealves.com
Papa Francisco celebra Domingo de Ramos e diz que Jesus está nos rejeitados

O Santo Padre disse que não estamos sozinhos. “Deus está conosco em cada ferida, em cada susto: nenhum mal, nenhum pecado tem a última palavra. Deus vence, mas a palma da vitória passa pelo madeiro da cruz. Por isso, os ramos e a cruz estão juntos”.