Noite de Superlua e manhã de eclipse lunar, uma festa para astrônomos e fotógrafos

bernadetealves.com
Noite de Superlua: uma festa para astrônomos e fotógrafos como Leo Caldas

O espetáculo natural ocorrido na noite de 25 de maio e amanhecer do dia 26, foi visto a olho nú em seu maior tamanho em 2021. Astrônomos e fotógrafos registram a Superlua e o Eclipse Lunar no céu do Brasil. Leo Caldas (fotografiaeastronomia) compartilhou um lindos registros na Esplanada dos Ministérios em Brasília.

bernadetealves.com
Noite de Superlua: uma festa para astrônomos e fotógrafos da capital do país como Leo Caldas
bernadetealves.com
Superlua da noite de 25 de maio de 2021 ilumina céu de Brasília nas lentes de Luis Tajes

O fenômeno conhecido como Superlua foi observado em várias capitais. No Rio de Janeiro, com o céu claro, o fenômeno ficou visível até a manhã desta quarta (26), quando o satélite se pôs. Marcello Cavalcanti e José Raphael Berrêdo, compartilharam seus registros.

bernadetealves.com
Superlua da noite de 25 de maio de 2021 ilumina céu do RJ

Superlua atrás da Pedra da Gávea, no Rio de Janeiro, na noite de 25 de maio de 2021. Foto: Marcello Cavalcanti/Arquivo pessoal

bernadetealves.com
Superlua da noite de 25 de maio de 2021 ilumina céu da cidade maravilhosa
bernadetealves.com
Superlua da noite de 25 de maio de 2021 ilumina céu do RJ


Vista da lua quase cheia a partir da zona Sul de Porto Alegre (RS) , no início da noite do dia 25 de maio. Foto: Wesley Santos/Estadão Conteúdo.

bernadetealves.com
Superlua da noite de 25 de maio de 2021 ilumina céu de Porto Alegre

A Superlua também deu um espetáculo ao redor do mundo


Superlua registrada no céu de Rossosh, na Rússia, na noite de terça-feira, 25 de maio de 2021. Foto: Kirill KUDRYAVTSEV / AFP

bernadetealves.com
Superlua da noite de 25 de maio de 2021 ilumina céu da Rússia


Pontes levadiças se erguem no rio Neva, com a lua no céu, na noite de 25 de maio,em São Petersburgo, Rússia. Foto: Dmitri Lovetsky / AP Photo

bernadetealves.com
Superlua da noite de 25 de maio de 2021 ilumina céu de São Petersburgo Rússia


A Lua sobre uma mesquita no emirado do Golfo de Dubai, na noite de 25 de maio. Foto: Giuseppe Cacace / AFP Photo

bernadetealves.com
Superlua da noite de 25 de maio de 2021 ilumina céu de Dubai


A lua nasce acima da Torre Barangaroo em Sydney, na Austrália, no dia 25 de maio. Foto: Mark Baker / AP Photo

bernadetealves.com
Superlua da noite de 25 de maio de 2021 ilumina céu de Sydney, Austrália

Superlua registrada no céu da Macedônia do Norte na noite deste 25 de maio. Foto: Ognen Teofilovski/Reuters

bernadetealves.com
Superlua da noite de 25 de maio de 2021 ilumina céu da Macedônia


Superlua vista entre as torres da Basílica de São Pedro e São Paulo, em Praga, na noite deste 25 de maio. Foto: Michal Cizek / AFP

bernadetealves.com
Superlua de 25 de maio de 2021 ilumina céu de Praga

Eclipse Lunar

bernadetealves.com
Diferentes fases do eclipse lunar divulgada pela Associated Press

No início da manhã desta quarta-feira, dia 26 de maio, começou no Brasil a fase inicial de um eclipse lunar total. Isso ocorre quando Sol, Terra e Lua se alinham e nosso planeta faz sombra sobre o satélite. A fase total, no entanto, ficou mais difícil de assistir devido à luminosidade e por causa do próprio curso do fenômeno.

O eclipse começou às 6h47, no horário de Brasília. A sombra do Sol começou a ser observada às 7h44. Das 8h11 até as 8h25, o satélite ficou na fase total máxima, durante 14 minutos. A fase parcial começou às 9h52 e terminou às 10h49.

Segundo os astrônomos, em todo eclipse lunar total se observa a chamada “lua de sangue”, que se refere ao tom avermelhado que a Lua assume quando entra na fase máxima de sombreamento.

bernadetealves.com
Lua de sangue clicada em Los Angeles,Califórnia, Estados Unidos

Nesta quarta-feira, a Lua assumiu essa tonalidade na fase total do eclipse, de 8h11 a 8h25. Sol, Terra e Lua ficarão alinhados, e nosso planeta bloqueará a passagem dos raios solares até o satélite. A forma como a luz de cores vermelho e laranja é “desviada” ao passar pela atmosfera da Terra reflete na Lua, criando o tom da “lua de sangue”.

Fotos: Luis Tajes, Marcello Cavalcanti, José Raphael Berrêdo,Marcello Cavalcanti, Associated Press, Fotografia e Astronomia