Crassula capitella: a suculenta exótica fácil de cultivar

bernadetealves.com
Crassula capitella thyrsiflora

Imagine uma flor que pode ser arranjada de inúmeras maneiras, seja compondo um ambiente com várias espécies ou sozinha num singelo vasinho e que chame atenção? Pois a Crassula capitella se destaca pelos tons de cores vermelhos bem chamativos e exuberantes.

bernadetealves.com
Crassula capitella Fogueira

Originária da África do Sul em regiões de clima subtropical árido, esta espécie de suculenta é uma ótima opção para quem tem vontade de cultivar plantas ornamentais, mas não dispõe de tempo e dedicação para cuidados minuciosos.

bernadetealves.com
A exótica suculenta fácil de cultivar

A Crassula capitella não exige cuidados específicos, aprecia pouca água, fica bem tanto ao sol quanto à sombra, está sempre bonita e possui ciclo de vida perene. Ela também forma uma bela moita de até 8 cm de altura, suas folhas são morrom-avermelhadas dispostas em 4 direções, característica principal de uma suculenta Pagoda.

bernadetealves.com
A exuberante Crassula capitella pagoda

Só no Brasil contamos com mais de 100 tipos de suculentas, plantas cuja característica mais marcante é o fato de armazenarem boa quantidade de água nas raízes, no talo ou nas folhas, o que varia de acordo com a espécie. Essa característica lhe permite viver em locais áridos, secos e de temperatura elevada, como onde surgiram: principalmente em regiões da África e da América.

bernadetealves.com
A exuberância da Crassula capitella

Estas suculentas preferem os climas quentes e secos. Porém é possível cultivá-las também em locais de clima de frio. São necessários alguns cuidados a mais quando cultivadas em locais de baixa temperatura, como o controle e diminuição de regas, expor a suculenta a locais de mais claridade do local e protege-las das geadas e do inverno úmido.

bernadetealves.com
Flores da exótica suculenta

Esta planta de folhas gordinhas e cerosas, chega a medir 30cm de altura e até 90cm de diâmetro. Prefere ambientes de sol pleno em regiões de clima ameno e à meia sombra em regiões de clima mais quente. Quando cultivada em conjunto com outras espécies de suculentas e cactos, a crassula logo se destaca pelos tons de cores vermelhos bem chamativos.

bernadetealves.com
Crassula capitella fogueira

Essas plantas ficam bem tanto ao sol quanto à sombra, estão sempre bonitas e possuem ciclo de vida perene. Bom demais, não é mesmo?

bernadetealves.com
Crassula capitella: a exótica suculenta
bernadetealves.com
A exótica Crassula capitella Red Pagoda

A Crassula capitella ‘Campfire’ possui folhas verde-limão com as bordas avermelhadas, quanto maior exposição ao Sol, mais avermelhada fica, motivo pela qual ficou conhecida popularmente como Crassula Fogueira. No verão produz uma longa haste floral, com pequenas flores esbranquiçadas, deixando a planta ainda mais ornamental.

bernadetealves.com
Crassula capitella: a suculenta exótica fácil de cultivar


Pode ser cultivada em jardins rochosos, vasos e floreiras como planta de destaque pela beleza. Vasos baixos e largos, tipo bacia, são os mais indicados para valorizar ainda mais o cultivo de cactos e suculentas.


Ficam muito bem em pequenos vasos tanto em ambientes internos (vasos ou diretamente no solo em jardins de inverno), quanto externos como beirais de janelas, jardineiras, sacadas. Nestes locais tendem a ficar pendentes ou preencher completamente o vaso onde estão, criando belos efeitos.

bernadetealves.com
Crassula capitella campfire cultivada em varanda

A melhor terra para este tipo de planta é a composição de um solo mais arenoso. Pedras e pedriscos também são indispensáveis para quem pretende cultivar a Crassula. Existem alguns adubos específicos para a suculenta. A planta também aprecia adubo orgânico e animal (como húmus de minhoca, farinha de osso). Também pode se usar uma farinha de casca de ovos trituradas.

Uma suculenta saudável e forte produzirá visual mais bonito nos ambientes e jardins.

Fotos: Divulgação