Brasil ganha a Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol

Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol - Bernadete Alves
Seleção Brasileira, campeã da Copa América 2019

A Copa América é do Brasil pela nona vez na história mesmo sem a presença de Neymar. No Maracanã lotado, Everton Cebolinha, o único titular que joga em time brasileiro, abre o placar com gol aos 15 minutos. Gabriel Jesus e Richarlison fizeram os outros gols da vitória por 3 a 1 sobre o Peru.  Mesmo com um a menos , a seleção brasileira chegou ao nono título sul-americano e mantém a invencibilidade de nunca ter perdido uma Copa América em que foi o país sede.

Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol - Bernadete Alves
Everton Cebolinha, artilheiro da Copa América e o melhor da final, Alisson, melhor goleiro e Daniel Alves, craque da Copa

As 69.906 pessoas presentes no Maracanã  assistiram a consagração de Tite e do Brasil que dominou a premiação. O capitão Daniel Alves foi eleito craque da Copa América 2019, o goleiro Alisson ganhou troféu de melhor goleiro; e o atacante Everton Cebolinha foi o artilheiro, com três gols e o melhor jogador em campo na final da Copa América 2019 pela Conmebol.

Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol - Bernadete Alves
Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol

A Seleção ainda terminou a noite com o prêmio Fair Play, escolhido pela Conmebol através de quesitos avaliados durante toda a Copa América. Entre eles, comportamento dos jogadores e comissão técnica, expulsões e atrasos. Com o título, o Brasil chegou a nove taças da Copa América, diminuindo a vantagem para os líderes Uruguai (15) e Argentina (14).

Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol - Bernadete Alves

Para colocar a mão na taça continental depois de 12 anos, a equipe do técnico Tite sofreu contra o Peru para vencer por 3 a 1, no Maracanã, no Rio de Janeiro. A  arbitragem foi dura com os brasileiros. Roberto Tobar, auxiliado por Christian Schiemann e Claudio Rios. VAR: Julio Bascuñan (equipe chilena), marcaram um pênalti duvidoso que fez o Brasil levar o primeiro gol na competição e expulsou Gabriel Jesus. Mesmo com tudo isso a equipe se mostrou eficiente como sempre e merecedora da taça.

Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol - Bernadete Alves
Jogadores comemoram o ouro na Copa América
Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol - Bernadete Alves
Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol

Após a conquista do título estar consolidada, na cerimônia de premiação, Tite deu um abraço caloroso no presidente da CBF, Rogério Caboclo. A conquista da Copa América era a primeira tanto para o técnico quanto para o cartola. Tite, como ele mesmo disse, agora se sente treinador de verdade da equipe canarinho.

“A crítica faz parte do amadurecimento. Tem um monte de forma de jogar bem e de ganhar. Estou contente porque somos fiéis a uma ideia de futebol que busca resultados e consistência”, afirma o treinador campeão.

Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol - Bernadete Alves
Daniel Alves, o craque da Copa América 2019

“Falei antes que o capitão do nosso barco é o Tite. Não sou eu, não é nenhum jogador. Apenas os represento. Parabéns à comissão, eles trabalham muito, são muito dignos e merecedores de tudo”, Daniel Alves.

“Agradeço a Deus por me dar sabedoria para lidar com críticas e elogios. Sempre tive a confiança de quem trabalha ao meu lado. Tite, Taffarel e Dunga também. Jogadores têm história de superação, a minha não foi diferente. Sempre trabalhei, quieto, focado e não respondi a ninguém. Sofri muitas críticas, mas não me vitimizo. Faz parte do futebol, sou goleiro da seleção brasileira”, Alisson.

Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol - Bernadete Alves
Everton Cebolinha

Everton Cebolinha além de se movimentar, tentar a jogada individual em todos os lances pela esquerda, marcou o gol que abriu o placar, sofreu o pênalti e chegou à consagração nacional com troféu de artilheiro com três gols e título de melhor em campo no Maracanã, além, claro, da titularidade conquistada na competição e do título com o Brasil. Everton carrega em seus pés a esperança de brasileiros e de gremistas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Último jogo contra a Argentina fiquei um pouco apagado, fiquei até chateado com minha atuação. Hoje eu botei na minha cabeça que eu tinha que me entregar. Independente de gol, eu tinha que dar o sangue. Fui feliz com o gol. Acabei sofrendo o pênalti no final. Vale parabenizar toda nossa equipe. Fui artilheiro, torci para ele perder o pênalti, pelo jogo mesmo. Fiquei muito feliz por ter feito três gols na competição”, disse o atacante após a consagração.

Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol -Bernadete Alves
Everton Cebolinha, o artilheiro da Copa América

Everton que era reserva e  substituiu Neymar, apareceu quando a Seleção mais precisava. Virou a sensação da Copa América e o  queridinho do Brasil. O cearense de Maracanaú, único titular que atua no futebol brasileiro, o Grêmio,  se sagra vencedor. A competição possibilitou sua afirmação como jogador. A estrada de êxito está só começando.

Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol -Bernadete Alves
Seleção de Ouro do Brasil

“É preciso exaltar o grupo e a comissão técnica, porque não é normal depois de perder uma Copa do Mundo manter técnico e comissão. Isso mostra que quando o trabalho é bem feito se ganha “, Cassemiro.

“É uma conquista que deixa a gente muito feliz. Era um objetivo forte, o sonho de uma conquista. São 64 pessoas que começaram dia 22 de maio e às vezes nem são mencionadas. Nosso trabalho nos fortalece para chegar e conquistar. Como diz o Tite, com merecimento”, Cleber Xavier

O primeiro gol saiu aos 15 pela direita. Gabriel Jesus dominou Trauco e cruzou. A zaga peruana errou a leitura do lance e Everton com categoria bateu de primeira para vencer Gallese: 1 a 0 para a alegria dos milhares de torcedores no Maracanã.

O Peru foi pra cima e avançava pela direita. O Brasil dominava e assim foi até que quase no final do primeiro tempo, a seleção peruana avançou pela direita e, em uma tentativa de cruzamento rasteiro, a bola bateu no braço de apoio de Thiago Silva. Pênalti polêmico marcado por Roberto Tobar e confirmado após rever o lance no VAR. Aos 44, Guerrero bateu com categoria e empatou.

O empate acabava com a  invencibilidade de 494 minutos de Alisson, que não havia tomado um gol na Copa América 2019. O Brasil continuou valente e desempatou antes do intervalo. Um gol ao estilo pedido por Tite.

O Peru tentava sair para o ataque mas Firmino foi preciso e um carrinho certeiro no meio. Arthur apanhou o rebote e conduziu em direção à área. Gabriel Jesus se desmarcou e recebeu, aproveitando-se da queda de Zambrano, que se desequilibrou. Com calma, o centroavante do Manchester City tirou de Gallese e fez 2 a 1, aos aos 47 minutos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No segundo tempo o Brasil voltou mais confiante. O Brasil voltou ainda mais confiante no segundo tempo. O meia Philippe Coutinho foi responsável pelas jogadas ofensivas do time. Aos cinco minutos, quase marcou batendo forte, ao lado da trave. Aos oito, ele arrancou do campo de defesa, passou por três adversários, mas na hora de bater, foi travado. Na sequência, Jesus deu para Firmino que  bateu para fora.

O placar animava o Peru  em busca do empate. O Brasil errava as finalizações e o Peru aproveitava as faltas laterais próximas à área para assustar a defesa e testar  Alisson.  Foi nessa  pressão que Gabriel Jesus cometeu uma falta na lateral e o árbitro entendeu que era de cartão amarelo. Como já tinha, foi expulso.

Com um a menos e vencendo por 2 a 1, a seleção tomou sufoco dos peruanos que intensificaram as jogadas e partiram para o ataque.Teve uma chance em um de Carrillo, defendido por Alisson, e outra em uma pancada de fora da área, que passou próxima à trave. Foram momentos de muita tensão para os brasileiros.

Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol -Bernadete Alves
Richarlison, autor do terceiro gol na final

Aos 43, Everton arrancou pelo meio, invadiu a área, levou tranco de Zambrano e foi imprensado pelos peruanos. O ábitro Roberto Tobar marcou pênalti, reviu no VAR e confirmou. Richarlison, que substitui Roberto Firmino aos 29’/2ºT, bateu com categoria e fez o terceiro para o Brasil.

Brasil é campeão da Copa América 2019 e Tite consolida seu futebol - Bernadete Alves Alves
Os campeões da Copa América 2019

Depois de 12 anos o Brasil volta a vencer a Copa América com Alisson; Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro e Arthur; Philippe Coutinho (Militão, 31’/2ºT), Everton (Allan, 47’/2ºT) e Gabriel Jesus; Firmino (Richarlison, 29’/2ºT). O técnico Tite conquista finalmente sua primeira vitória à frente da Seleção Brasileira.