Brasileira de 9 anos faz parte da sociedade dos gênios

bernadetealves.com
Laura Büchele, de 9 anos, faz parte da Sociedade Mensa

A Mensa, a mais respeitada e antiga sociedade de pessoas mais inteligentes do mundo, nos Estados Unidos, reconheceu o nível elevado de Quociente de Inteligência de uma brasileira de apenas 9 anos de idade.

Trata-se da catarinense Laura Büchele, uma criança linda, meiga e simpática que se diferencia das meninas da sua idade pela enorme capacidade de questionamento e pela paixão pelos livros. Laura nasceu em Santa Catarina e há três anos mora nos Estados Unidos. A mudança para a Flórida, nos Estados Unidos, foi  para dar mais segurança e melhores condições de vida para as filhas, conta a mãe, Bruna Büchele.

Bruna relata que a filha começou a falar com um ano e que tanto ela quanto o marido Edson Büchele Jr.,estimulavam o aprendizado através de livros infantis, jogos lúdicos e desenhos, como é comum para toda criança. Laura se destacava. Começou a estudar inglês no jardim de infância.

bernadetealves.com
Laura Büchele, com a irmã Luiza, o pai Edson e a mãe Bruna Büchele

“Muitas pessoas que a conheciam já diziam que ela falava diferente, frases completas, verbos na conjugação certa, isso com dois anos de idade. Uma vez perguntei como estava a comida, ela falou: a comida não está boa, está adorável! Não sei de onde ela tirava essas palavras e as pessoas já a classificavam como inteligente”, conta a mãe.

“Parecia um adulto falando, pela forma como colocava, dizíamos que ela seria política, pelo jeito formal de falar. Mas no Brasil não procurei nada a respeito. Achávamos ela muito inteligente, mas jamais passou pela nossa cabeça o quão profundo isso seria”,diz Bruna

Nos EUA, com apenas seis anos de idade, Laura já chegou apresentando belos resultados na escola. “Ela compreendia 100% das aulas, tanto escrita quanto leitura, e até já lia livros em inglês”, conta a mãe.

A família de Laura Büchele ficou  surpresa, ao receber o convite para integrar a Sociedade Mensa. Para entrar na sociedade, é necessário ter Q.I. superior a 130 e percentil acima de 99%. Laura alcançou 99,5% em seus testes. “O percentil significa que ela pontua melhor que 99,5% das crianças na idade dela. Essa é uma exigência para participar do Mensa e ela foi aprovada”, conta Bruna.

bernadetealves.com
Laura Büchele, a mais nova integrante da Mensa, sociedade dos gênios, nos Estados Unidos

A Mensa é uma associação que dá a oportunidade não só de ser avaliado, como também interagir com pessoas com características similares. Um apoio importante pois a maior dificuldade num superdotado é de ser compreendido.

A Mensa reúne adultos e crianças com inteligência acima da média. O objetivo é discutir e compartilhar temas diversos, que são importantes para a sociedade mundial. Os integrantes da sociedade  se reúnem anualmente e têm como objetivo trazer temas de interesse mundial.

“O mais legal do Mensa é que tanto para adultos ou crianças que participam, eles compartilham ferramentas. Todos ali acabam passando pelas mesmas dificuldades e se identificam. É como achar um grande grupo de amigos e você se sente à vontade para falar com eles, sem julgamentos por ser inteligente demais, por saber demais e poder falar olhando nos olhos. É um grande grupo de acolhimento. Nos encontros, as crianças debatem assuntos diversos, soluções para o planeta, tem crianças que levam artigos, desenhos é livre para que cada um exponha seu trabalho e defenda sua causa”, explica Bruna.

Os pais de Laura querem  que ela aproveite ao máximo cada momento de sua infância. Segundo a mãe, “quero que ela tenha uma infância feliz e viva esse momento que é único na vida. Desejamos que ela brinque com os amigos na rua, mas sem desperdiçar o dom que ela tem. Ela já até sugeriu formas de combater o coronavírus. Temos que dar esse espaço para que ela continue criando e explore todas as coisas que ela quiser”.

A Mensa é uma associação que dá a oportunidade não só de ser avaliado, como também interagir com pessoas com características similares. Isso é bom já que, a maior dificuldade num superdotado é de ser compreendido.

Que esta conquista da brasileira Laura leve o governo e as pessoas a dar mais valor aos talentos excepcionais. Se os testes forem feitos de forma permanente mais gênios serão revelados.

Parabéns Laura Büchele, você é orgulho não só da sua família como de todas nós mães. Muita proteção para você, linda e talentosa menina.

Fotos: Divulgação / MF Press Global) e arquivo pessoal da família