Maçã: a fruta que faz bem para a saúde e o bolso

bernadetealves.com
Comer maçã ajuda a ter uma vida equilibrada e longe de doenças

A maçã é um alimento que proporciona inúmeros benefícios para o organismo. “Uma maçã por dia mantém você longe do médico”, assegura um provérbio inglês. Isso acontece porque a fruta de origem asiática, possui inúmeras propriedades nutricionais. Saborosa e prática de carregar, ela possui nutrientes importantes que estimulam o corpo a prevenir doenças.

Comer maçã ajuda a ter uma vida equilibrada e longe de doenças. Tanto a polpa quanto a casca são ricas em vitaminas C, sais minerais como cálcio, fósforo e potássio, além de fibras e um poderoso antioxidante, a quercetina.


Benefícios da Maça, segundo pesquisa da Medical University of Warsaw, estudo divulgado pela California State University, estudo de um grupo de cientistas da Universidade de Perúgia, na Itália, estudo do Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics.

bernadetealves.com
Maçã verde (granny smith), rica em fibras e poucas calorias

Melhora a função cerebral. A quercetina (um dos antioxidantes encontrados em abundância nas maçãs) é um dos compostos que ajudam a reduzir a morte celular causada pela oxidação e inflamação dos neurônios.

É boa para o coração. A fruta contém fibras solúveis, que reduzem os níveis de colesterol no sangue. Possui também polifenóis, que têm efeitos antioxidantes e pode diminuir a pressão arterial.


Fortalece o sistema imunológico. As maçãs contêm poderosos nutrientes e fibras que ajudam a transportar resíduos para fora do corpo. Além disso, a fruta é fonte de vitamina C que contribui para que o organismo desenvolva resistência.

Retarda o envelhecimento. A fruta é rica em taninos e flavonoides, que são fitonutrientes que agem como antioxidantes, adstringentes e antiinflamatórios. Por essa razão quem consome a fruta com frequência previne o envelhecimento precoce.

bernadetealves.com
Maçã: alimento que proporciona inúmeros benefícios para o organismo


Aumenta a saúde óssea.
A fruta causa efeito benéfico na densidade óssea e na resistência dos ossos. Pessoas que consumem a maçã perdem menos cálcio, que é um mineral essencial para a construção e manutenção dos ossos.

Alivia problemas de estômago. As fibras da maçã formam um gel que tem atuação direta na proteção da mucosa gástrica. Por ser fonte de cálcio, magnésio e potássio, comer uma maçã depois de uma refeição ou antes de dormir neutraliza este ácido, criando um ambiente alcalino no estômago e alivia os sintomas do refluxo ácido.

Diminui o risco de diabetes. Comer uma maçã por dia reduz o risco de desenvolver a doença em 28%. E até mesmo quem consumia apenas algumas maçãs por semana também estavam mais protegidos do diabetes.

Previne doenças oculares. As maçãs são ricas em flavonoides e antioxidantes, que reduzem o impacto dos radicais livres nos olhos e previnem as doenças.

bernadetealves.com
Maçã contém fibras solúveis que reduzem os níveis de colesterol no sangue


Diminui o colesterol.
Consumir duas maçãs por dia diminuiu o colesterol ruim em mulheres após a menopausa. Isto ocorre porque a fruta contêm pectina, uma fibra natural que reduz o colesterol ruim do organismo.

Afasta a prisão de ventre. As maçãs possuem pectina, um tipo de fibra que age como prebiótico e ajuda o intestino a funcionar melhor.

Previne cáries. As maçãs também estimulam a secreção de saliva (um composto alcalino), reduzindo a capacidade das bactérias se multiplicarem e crescerem na boca, o que previne o aparecimento de cáries e mantém a saúde bucal.

bernadetealves.com

Estima-se que há mais de sete mil espécies diferentes de maças, cada uma com características específicas, mas com propriedades nutricionais semelhantes. O Brasil produz duas variedades de maçã: a Gala e a Fuji. A primeira abre a temporada de colheita em meados de janeiro e segue até março.

bernadetealves.com
Colheita da maçã no sul do Brasil


As maçãs Fuji, são mais doces que a Gala e são colhidas entre o final de março e o mês de maio. Maçãs maiores são mais valorizadas pelas empresas compradoras do que as miúdas, tanto no mercado interno, como externo.

Durante uma safra a macieira tem uma produtividade alta e, na seguinte, apresenta queda. Segundo a Associação Brasileira dos Produtores de Maçã (ABPM), o Brasil produz cerca de 60% de Gala e 40% de Fuji.

bernadetealves.com
Colheita da maçã no sul do Brasil por agricultores familiares


A pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Andrea De Rossi, diz que algumas das diferenças entre entre os dois tipos está no tamanho e no sabor. “A Gala é uma cultivar um pouco mais equilibrada na sua relação açúcar-acidez. Já a Fuji é um pouco mais doce. Apesar disso, ambas são bem crocantes”.


“Outra diferença é que a Gala tem um formato um pouquinho menor do que a Fuji. As duas são vermelhas, mas a Gala é mais estriada do que a Fuji, que possui um vermelho mais compacto”, complementa Andrea De Rossi.

bernadetealves.com
Macieira carregada de frutos

Apesar das suas diferenças, a Gala e a Fuji precisam conviver no mesmo pomar, pois elas só conseguem dar frutos por meio da polinização cruzada, ou seja: o pólen da Gala precisa polinizar a flor de Fuji e vice-versa.


“Sem essa troca de pólen, a grande maioria das flores abortam, elas caem. Por isso, a gente precisa ter cultivares diferentes no mesmo pomar para que a produção seja satisfatória”, diz a pesquisadora da Embrapa.

bernadetealves.com
Abelha realizando polinização cruzada na macieira


A especialista recomenda intercalar as duas variedades no pomar. “A dica é plantar 4 fileiras de Gala, seguidas de 2 de Fuji e, depois, mais 2 de Gala, seguidas de 4 de Fuji. Com isso no período de floração a abelha passa numa flor de Fuji, pega o pólen, carrega nas patinhas e vai até uma flor de Gala”, garante Andrea.

bernadetealves.com
Maçã possui nutrientes importantes que estimulam o corpo a prevenir doenças

A maçã é rica em fibras e tem poucas calorias. É uma fruta prática de ser consumida e um curinga para todas as ocasiões. Tanto in natura quanto na culinária é uma delícia. Rita Lobo, da Cozinha Prática do GNT, dá dicas para aproveitarmos a fruta por completo.


A maçã vai para o micro-ondas e em cinco minutos se transforma numa deliciosa opção para o café da manhã. E se você trocar a manteiga por um fio de azeite e colocar uma pitada de sal, vira acompanhamento charmoso para grelhados ou risotos.


Maçã cozida no microondas com mel e granola

bernadetealves.com
Maçã com mel e passas cozida no microondas, por Rita Lobo


Ingredientes

  • 1 maçã fuji
  • ½ colher (sopa) de mel
  • ½ colher (chá) de manteiga


Modo de Fazer

Lave bem a maçã sob água corrente. Mantenha a casca e corte a maçã ao meio, no sentido do comprimento retirando as sementes.
Corte cada metade em 6 gomos e transfira para uma tigela de vidro (ou de outro material que possa ir ao micro-ondas).
Regue a maçã com o mel, adicione a manteiga e cubra a tigela com um prato para facilitar o cozimento. Leve ao micro-ondas para rodar por 5 minutos em potência alta até a maçã ficar macia e formar uma caldinha.
Com um pano de prato, retire a tigela do micro-ondas – cuidado: ela vai estar bem quente. Sirva a maçã quente (ou em temperatura ambiente) com a caldinha que se formou na tigela.

Iogurte cremoso e granola caseira são ótimos complementos.

Apple Butter (Manteiga de Maçã)

bernadetealves.com
Apple Butter (manteiga de maçã) por Rita Lobo


A manteiga de maçã, apesar do nome, não leva leite e nenhum derivado. Ela tem esse nome porque é uma pasta bem cremosa, dourada e tem um sabor que movimenta até os pratos mais básicos. Dá para passar no pão, rechear panquecas, servir com bolo… Mas quando usada para temperar carnes, ela fica irresistível.

Ingredientes

  • 1 kg de maçãs fuji (4 a 5 unidades)
  • ⅓ de xícara (chá) de açúcar mascavo claro
  • ⅓ de xícara (chá) de água
  • caldo de 1 limão (cerca de 3 colheres (sopa))
  • ¼ de colher (chá) de canela em pó
  • 1 anis-estrelado
  • noz-moscada ralada na hora a gosto
  • 1 pitada de sal


Modo de Fazer

Lave e descasque as maçãs — tente fazer tiras longas da casca; elas serão usadas no cozimento e assim fica mais fácil pescá-las depois de cozidas. Corte as maçãs ao meio, descarte o miolo com as sementes e corte as metades em fatias de 0,5 cm.


Numa panela grande, coloque as fatias de maçã, o açúcar mascavo, a água e o caldo de limão. Adicione as especiarias, o sal, as tiras da casca e leve ao fogo médio. Assim que ferver, abaixe o fogo e tampe parcialmente a panela. Deixe cozinhar por cerca de 1 hora, mexendo de vez em quando, até as maçãs ficarem bem macias.

Assim que as maçãs estiverem cozidas, desligue o fogo e, com uma pinça, pesque e descarte as tiras da casca e o anis-estrelado. Com um mixer, bata as maçãs com o caldo na própria panela até ficar liso (se preferir, utilize o liquidificador).


Volte a panela com maçã batida ao fogo médio. Quando começar a ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por mais 15 minutos, até formar uma pasta cremosa. Para verificar o ponto: com uma colher, coloque um pouco da manteiga de maçã num pires gelado e incline delicadamente; ela não deve escorrer.

Transfira a manteiga de maçã ainda quente para um pote de vidro e deixe esfriar completamente antes de levar à geladeira.

Sirva fria com pães, torradas, crepes, bolos, iogurte, queijos ou carnes grelhadas.

Salada de repolho roxo com maçã e iogurte natural


Salada de maçã verde, nozes e repolho roxo, é uma forma de apreciar todas as propriedades destes ingredientes que previnem o envelhecimento precoce.

Ingredientes

  • 100 gramas de repolho roxo
  • 1 unidade de maçã verde
  • 1 punhado de nozes
  • 50 mililitros de iogurte natural
  • 1 colher de chá de mostarda Dijon
  • 80 gramas de queijo branco
  • 1 pitada de pimenta do reino
  • 1 pitada de sal


Modo de fazer

  • Lave a maçã, corte em meias-luas retirando as sementes.
  • Corte o repolho em tiras finas, o queijo em cubos pequenos e as nozes ao meio.
  • Coloque todos numa tigela.


À parte, prepare o molho da salada misturando a mostarda de Dijon com iogurte, uma pitada de sal e pimenta.
Adicione este molho aos ingredientes na tigela e misture tudo. Para finalizar por polvilhar com nozes picadinhas.

Esta salada fresca é ideal para consumir à hora do almoço, acompanhada de, por exemplo, com peito de frango grelhado ou paillards de lombo de porco.

Salada de repolho roxo e maçã, opção 2


Ingredientes


½ repolho roxo fatiado finamente
¼ xícara de salsinha fresca picada
1 maçã vermelha Fuji fatiada
3 colheres de sopa de sementes de girassol torradas e salgadas
3 colheres de sopa de lascas de amêndoa em lascas

Molho

  • 6 colheres de sopa de tahine pronta*
  • ½ colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de suco de limão fresco
  • 1 colher de chá de mel
  • Alho em pó a gosto


Obs: Você pode comprar Tahine já preparado ou faça o seu batendo: 3 colheres de sopa de pasta de tahine com 3 colheres de sopa de água fria e 1 dente de alho.

Preparo
Misture os ingredientes da salada juntos. Combine os ingredientes do molho em uma tigela pequena. Imediatamente antes de servir, regue o molho e incorpore à salada.

Maçã assada no microondas

  • 1 maçã fuji
  • ½ colher (sopa) de mel
  • azeite a gosto
  • uma pitada de sal

Modo de Fazer

Lave bem a maçã sob água corrente. Mantenha a casca e corte a maçã ao meio no sentido do comprimento. Fatie cada metade em 6 gomos, retire as sementes e transfira para uma tigela de vidro.
Regue a maçã com o mel, um fio de azeite e tempere com uma pitada de sal. Misture delicadamente, cubra a tigela com um prato e leve ao micro-ondas para rodar por 5 minutos em potência alta até a maçã ficar macia e formar uma caldinha.
Com um pano de prato, retire a tigela do micro-ondas – cuidado ela fica bem quente.
A receita acompanha paillards de lombo de porco.

Sobrecoxa de frango com maça

bernadetealves.com
Sobrecoxas de frango com maçã – Rita Lobo


Carnuda e saborosa, a sobrecoxa de frango é perfeita para o preparo no forno. Nesta receita, ela ganha um atrativo ainda mais surpreendente ao ser temperada com manteiga de maçã. O resultado é um preparo úmido, com sabor agridoce e um dourado irresistível!


Ingredientes

  • 6 sobrecoxas de frango com pele e osso (cerca de 1,2 kg)
  • 6 colheres (chá) de manteiga de maçã (apple butter)
  • 2 maçãs fuji
  • 2 cebolas grandes
  • 6 dentes de alho
  • 1 ½ colher (chá) de gengibre ralado
  • ½ xícara (chá) de caldo de laranja
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de Fazer

  • Preaqueça o forno a 200 ºC (temperatura média). Separe uma assadeira média.
  • Corte as cebolas em quartos, passando a faca pela raiz e descasque — assim as camadas permanecem unidas ao assar. Lave, seque e corte as maçãs ao meio no sentido do comprimento. Descarte o miolo com as sementes e corte cada metade ao meio novamente. Com a lateral da faca, amasse e descasque os dentes de alho.
  • Numa tigela pequena, tempere a manteiga de maçã com uma pitada de sal e de pimenta a gosto. Misture o gengibre ralado ao caldo de laranja e reserve.
  • Coloque as sobrecoxas numa assadeira média de bordas altas (se preferir, utilize um refratário). Tempere as sobrecoxas com sal e pimenta a gosto. Com as mãos, espalhe 1 colher (chá) da manteiga de maçã sob a pele de cada sobrecoxa, com cuidado para não descolar completamente a pele da carne.
  • Distribua os pedaços de maçã, de cebola e os dentes de alhos entre as sobrecoxas — o ideal é que fique tudo bem juntinho mesmo; isso deixa o preparo úmido. Tempere as cebolas com sal e regue tudo com o azeite. Adicione o caldo de laranja com gengibre à assadeira e cubra com papel-alumínio.
  • Leve as sobrecoxas ao forno para assar por 30 minutos. Retire o alumínio e volte a assadeira ao forno por mais 40 minutos para as sobrecoxas terminarem de assar, as peles ficarem douradas e as maçãs e cebolas ficarem bem macias.
  • Retire do forno e sirva a seguir com os pedaços de maçã, de cebola e o caldinho formado na assadeira.

Repolho Macerado

bernadetealves.com
Repolho roxo macerado por Rita Lobo

Ingredientes

  • ½ repolho roxo pequeno (cerca de 400 g)
  • ½ colher (chá) de semente de cominho
  • ½ colher (chá) de sementes de mostarda
  • 2 colheres (sopa) de vinagre de vinho branco
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (chá) de sal


Modo de Fazer

Com um fatiador de legumes (ou mandolim) corte o repolho em fatias finas – vá passando o repolho pelo mandolim, com cuidado para não fatiar o miolo central que é muito firme. Se preferir, descarte o miolo e fatie o repolho com uma faca – no total você precisa de cerca de 4 xícaras (chá) de repolho fatiado.

Transfira para um escorredor e lave bem sob água corrente. Encaixe o escorredor sobre uma tigela, tempere com o sal e misture com as mãos, massageando o repolho – o sal drena o excesso de água das folhas, deixando o repolho macio e com o sabor mais suave. Aperte bem para tirar o excesso de água e transfira para uma tigela.

Numa frigideira pequena, coloque a mostarda, o cominho e leve ao fogo médio para aquecer por 1 minuto e liberar os aromas. Transfira para o pilão e quebre as sementes. Misture o vinagre e o azeite nas especiarias ainda quentes e regue sobre o repolho macerado. Misture bem. O repolho dura por três dias na geladeira.

Paillard de carne de porco com repolho macerado e maçã


Fotos: Embrapa/Divulgação e Epagri/Divulgação e Site Panelinha